CALIFORFUN, no canal OFF

images

Um ótimo jeito de conhecer um pouco mais da cultura do skate e programar sua ida as melhores pistas e cenários para a prática do esporte na Califórnia é assistir aos episódios de Califorfun, no canal OFF.

 images-1

A série – que está na segunda temporada – tem formato de documentário e roda a costa oeste de norte a sul, mostrando a importância desse cenário para todas as gerações.  Depoimentos e performances de grandes ídolos do skate californiano – como Tony Alva, Tony Hawk e Steve Caballero – se juntam a perspectiva de um grupo de jovens brasileiros que se divertem pelas pistas, piscinas e ruas de cidades como Santa Cruz e Los Angeles.

Unknown

Um dos últimos da temporada, o episódio 12 foi sensacional e mostrou a sede da NHS, grupo que  fabrica marcas pioneiras no esporte como Santa Cruz, Independent e Road Ride Wheels, entre outras. Recentemente, a NHS criou um museu do Skate dentro da sua sede e o documentário gira em torno da história contada nele.

Vale a pena conferir o site da série que conta com teasers dos episódios e bastante informação bacana .

CALIFORFUN passa todas as quartas, as 21h, no canal OFF.

O Skate em Santa Cruz

Com certeza você já viu esse símbolo e muito provavelmente é por causa dele que o nome Santa Cruz lhe soa tão familiar.

A Santa Cruz nasceu nos anos 70 e foi fundada por 3 surfistas locais – Rich Novak, Doug Haut and Jay Shuirman – originalmente como uma  marca de surfboards. Nessa época houve um “boom” de skatistas e aproveitando o nicho no mercado a marca se subdividiu e passou a produzir shapes (Santa Cruz e Creature), trucks (Independent), rolamentos e rodas (Bullet, OJ e Road Rider). Rapidamente se consolidou e nos anos 80 já estava entre as melhores na indústria do skate.

Um dos vídeos de maior sucesso da época , Wheels of Fire, foi produzido pela marca e é um marco na hisória do esporte.

http://www.youtube.com/watch?v=xK3WPeg3WxU

Chegamos então a conclusão de  que estávamos no lugar certo para comprar um skate dos bons.

Começamos nossa busca pela Pacific Avenue, a principal rua de compras da cidade (vou falar mais sobre ela depois).

Praticamente todas as lojas tem Skates! Você vai achar de todos os estilos e marcas.

Você vai encontrar todos os tipos de skate em Santa Cruz. Dá só uma olhada no shape do Homer!

O Gui estava de olho em um Mini Cruise, um skate meio old school, que tem o shape menor do que o comum. As rodas são maiores e o truck mais estreito o que ajuda a fazer curvas mais fechadas. Parece um pouco mais com surf, lembra os longboards, só que em um tamanho bem mais prático.

Ele escolheu o Sector 9 Raglan. O Skate é feito de bambu e segundo a descrição da própria marca  foi feito para manter os movimentos do surf e saciar a vontade quando o mar estiver flat. Não é ideal para andar em pistas, mas dá para se arriscar. Pagamos uns $100. E valeu muito a pena!

Sector 9 Raglan – Mini Series Bamboo

Fizemos um filminho da primeira vez que andamos com ele aqui no Brasil. Dá pra ter uma noção dos movimentos e do “jeito do skate”. Não reparem que eu não sei andar direito e morro de medo de cair sem equipamento hem!! rs

http://youtu.be/rnFT46IjJ-U

No próximo Post: Mais um pico de surf em Santa Cruz,  Pleasure Point.

Santa Cruz Skate Park

Nossa próxima parada foi mais radical. Decidimos ir conhecer o Santa Cruz Skate Park que fica na 299 San Lorenzo Boulevard, uns 3 minutinhos de carro da Mission Santa Cruz.

Painel com desenhos dos próprios skatistas no Skate Park de Santa Cruz!

A pista foi inaugurada na primavera de 2006 e foi desenhada pelo renomado skate designer Zach Wormhoudt, local de Santa Cruz.

Com cerca de mil metros quadradros, dois bolws e uma área de street, o diferencial da pista é um looping que simula uma onda.

Dá até pra entubar no Skate Park de Santa Cruz!

A área de Street.

O dois bowls.

Pelo Google Street View dá pra ter uma boa noção do local:


Ver mapa maior

 

Infelizmente ainda não tínhamos skate e ficamos só na vontade. Se você quiser se aventurar lembre-se de levar seu capacete, pois atualmente é proibido andar sem essa proteção. Se você não tiver nenhum dos dois você acha as melhores marcas nas lojas de lá.

No próximo post vou contar um pouco da história do Skate na cidade e da nossa busca por um.