Ir ou não ao Hearst Castle

Ir ou não ir ao Hearst Castle?

Essa dúvida rondou o nosso planejamento por um bom tempo. Qual a finalidade em visitar uma casa de um ricaço excêntrico – para não dizer doido – que nem sabiamos quem era?

Mas a curiosidade bateu mais forte e lá fomos nós.

Gente, o cara era muito doido! Nos dias de hoje já seria uma loucura construir uma “casa” daquelas no meio do nada, em 1919 então nem se fala. Peças trazidas diretamente de Roma e do Egito, obras renascentistas, art noveaus, influências arquitetônicas do mediterrâneo e espanha, um zoológico, 58 quartos, 60 banheiros, 41 lareiras, duas piscinas  e está feita a maior mistura de estilos EVER!

Chegamos no Hearst Castle por volta das 11 horas e conseguimos comprar um ingresso para o tour das 11 e 40 – se você quiser pode reservar pela internet, o que é altamente recomendável nos fins de semana. O estacionamento está incluso no valor de $22.5 que pagamos.

O Tour começa com um passeio de ônibus que leva até o castelo. De lá o nosso guia Billy – super bem humorado, inteligente e sem dúvida apaixonado pelo estilo de vida do Hearst – nos levou pelo interior das salas e foi contando um pouco da história do lugar.  Depois disso você pode ficar a vontade para conhecer as piscinas, que na nossa opnião, foram o ponto alto do passeio.

Chegando no castelo, o ônibus que nos levou até lá em cima e o castelo visto lá de baixo.

Suvenir vendidos na lojinha e o filme que conta a história da vida do milionário.

Nossa guía Billy mostrando a vista lá de cima e a fachada da casa principal.

As salas no interior da casa são ricamente decoradas.

O ponto alto da visita: a Netuno Pool tem templo grego vindo diretamente da Grécia.

Mas o lugar mais lindo de todos sem dúvida é a Roman Pool. Imagina relaxar com os amigos nesse lugar maravilhoso? Coisa de princesa né?

Se você gosta de arte vá. Se você se interessa por histórias de gente doida vá também. Se nenhum desses é seu caso só vá se tiver tempo sobrando e lembre-se: você não está indo a um castelo europeu conhecer parte da história do mundo e sim a uma mansão no meio da Califórnia idealizada e concretizada por alguém completamente deslumbrado e maluco.

Ah, o tour demorou mais ou menos uma hora e meia com o trajeto de ônibus incluso.

Hearst Castle: 750 Hearst Castle Road, San Simeon, CA 93452-9740

$22,50 por pessoa – recomendamos fazer reserva em meses de alta temporada e fim de semana

Mais detalhes do tour: http://www.hearstcastle.org/tours/tour/grand-rooms-tour

San Simeon x San Luis Obispo

Depois de percorremos o Big Sur chegamos a uma cidadezinha chamada San Simeon. O dia tinha sido longo e as seis horas da tarde quando chegamos no hotel estavamos mortos.

Mais uma vez, optamos por passar a noite no Motel 6, que atendeu muito bem as nossas expectativas e foi a melhor escolha custo x beneficio que podiamos ter feito.

Já não podemos dizer o mesmo quanto a cidade que escolhemos para pernoitar.

San Simeon é uma cidade bem pequena, que não tem nada de interessante, a não ser o Hearst Castle, que foi o motivo da nossa escolha. Mas a cerca de 45 milhas de distância, 1 hora e 10 de carro, fica São Luis Obispo, uma cidade super bacana, cheia de lojas, barzinhos e restaurantes. Super vale a pena se hospedar lá e fazer o trajeto para ir pro Heast Castle durante o dia. Pior é fazer como a gente, que teve que viajar a noite, depois de perambular o dia inteiro, até a cidade vizinha para encontrar um pouco de agitação.


Ver mapa maior

A.Hearst Castle, B.San Simeon e C.San Luis Obispo.

 

Fazer a viagem valeu a pena, chegando na rua principal de SLO uma feirinha animada estava acontecendo e jovens lotavam os barzinhos. Deu até pra fazer umas comprinhas básicas. Pena que não tiramos fotos, pq realmente não esperavamos nada de mais dali e a camera ficou no hotel.

Motel 6 San Simeon: 9070 Castillo Drive, SR 1/Cabrillo Highway at Vista del Mar – San Simeon CA 93452

Reservas e valores: http://www.booking.com/hotel/us/san-simeon-9070-castillo-drive.pt-br.html?aid=363621

No próximo post vou contra sobre a nossa visita ao Hearst Castle na manhã seguinte.

Hi everyoneeee!

Quem somos nós:

Guilherme Assis – Gui
Idade: 27 anos
Profissão: Hoteleiro
Esportes preferidos: Surf, mergulho, skate e jiu jitsu.
 
Anna Carolina Valverde – Caru
Idade: 25 anos
Profissão: Artista Plástica
Esportes preferidos: Bike, corrida, surf e jiu jitsu.
 
 

Objetivo da Viagem: Uma viagem de carro pela costa da Califórnia sempre foi um sonho nosso. Em busca de boas ondas e da história do surf, percorrer lugares tão emblemáticos como Mavericks, Santa Cruz, Rincon, Venice Beach, Trestles e San Diego. Além disso, poder conhecer cidades onde qualquer um gostaria de morar, museus únicos, paraísos de compras e pontos turísticos de tirar o fôlego. De quebra ainda dar uma passadinha em Las Vegas, a cidade do entretenimento. Tudo isso em um mês, em ótima companhia, um carro e muita disposição!

Objetivo do Blog: O objetivo principal do blog é que nossos familiares e amigos possam ter idéia de como foi a nossa viagem. Moramos longe de muitos e nos dias de hoje, é difícil ter tempo, mesmo com os que estão perto, para contar tanta coisa. Vamos tentar fazer um post por semana e contar tudo pra vocês!!!

Mas aproveitando que estamos aqui, resolvemos fazer algo que pudesse também ajudar outras pessoas. Para planejar a nossa viagem, nós usamos vários blogs e isso foi essencial para que tudo desse tão certo como deu. Chegou então a nossa vez de contar a nossa experiência e quem sabe ajudar alguém!

Roteiro da viagem: Saímos de São Paulo com direção a San Francisco no dia 8 de agosto de 2011. Ficamos 4 dias por lá e então alugamos um carro e percorremos a costa em direção ao sul pela Hwy 1. No percurso paramos para surfar e conhecer Half Moon Bay, Santa Cruz, Monterey e Carmel, Santa Barbara, Malibu, Santa Mônica e Venice Beach, Orange County e San Diego. De San Diego seguimos para LA, onde passamos três dias, e depois seguimos para Las Vegas, aonde finalizamos com grande estilo nossa viagem no dia 8 de setembro de 2011.

Incrivelmente inesquecível! Esperamos que vocês possam sentir um gostinho do que foi!

Caru

Gui