Hurley Pro At Trestles e as reais chances de Gabriel Medina trazer o primeiro Titulo Mundial de Surf para o Brasil

hurley trestles 2014

Começa amanhã a próxima etapa do WCT que será realizada na nossa onda preferida da Califórnia, Trestles. O pico fica em San Clemente, cidade ao sul de Los Angeles e norte de San Diego. Já fizemos um post sobre o lugar aqui.

A etapa será super importante e decisiva para o futuro do surfista Gabriel Medina no tour. Após derrotar o veterano e onze vezes campeão mundial Kelly Slater durante uma final emocionante em Teahupoo, Gabriel – que já estava em primeiro colocado na classificação geral – passou a ter chances reais de conquistar o título mundial, inédito para o esporte no Brasil.

medina 3

medina 2

medina2

Restam apenas quatro etapas para o fim do circuito: Trestles, na Califórnia; Hossegor, na França; Peniche, em Portugal e Pipeline, no Havaí. Gabriel tem um bom histórico nas ondas  desde que entrou para o WCT em 2011, com 17 anos.

Hurley Pró At Trestles – San Clemente, Califórnia, USA
2011 – 13° lugar – Derrotado no round 3 por Josh Kerr. (Kelly Slater venceu a etapa)
2012 – 9° lugar – Desclassificado no round 4, em uma disputa contra Joel Parkinson e Josh Kerr.(Kelly Slater foi campeão novamente).
2013 – 13° lugar – Perdeu no round 3 para C.J. Hobgood.

 

Quicksilver Pró France – Hossegor, França
2011 – 1° lugar – Venceu após uma final polêmica contra o australiano Julian Wilson.
2012 – 5° lugar – Foi derrotado nas quartas de final por Joel Parkinson.
2013 – 2° lugar – Perdeu o primeiro lugar para Mick Fanning.

 

Moche Rip Curl Pro Portugal – Peniche, Portugal
2011 – 13° lugar – Derrotado no round 3 por Chris Davidson.
2012 – 2° lugar – Em mais uma final polêmica, Gabriel foi derrotado por Julian Wilson.
2013 – 25° lugar – Perdeu para o também brasileiro Alejo Muniz no round 2.

 

Billabong Pipe Masters – Haleiwa, Hawai, USA
2011 – 5° lugar – Derrotado na quartas de final por Kierren Perrow, vencedor da etapa.
2012 – 9° lugar – Eliminado no round 5 por Yadin Nicol.
2013 – 13° lugar – Derrotado no round 3 por John John Florence, que enfrentou Kelly Slater na final, perdendo para o veterano.

 

Apesar de não ter sido nas etapas principais, Gabriel já venceu em Trestles. A conquista aconteceu em 2012, durante o Nike Lowers Pro, uma etapa complementar do tour. Em contrapartida, Kelly Slater – a maior ameaça ao título de Medina –  tem no currículo sete vitórias na onda que ele chama de “casa”.

Na semana da vitória de Gabril em Teahuppo, Kelly publicou no seu Instagram: “(…)Ele é o cara mais perigoso no mundo do surf. Por que? Só esse ano ele ganhou em Snapper, uma onda dominada por Regulares a mais de 10 anos. Ele ganhou em Fiji, uma das ondas clássicas do tour. E agora ele ganhou o Billabong Pro Tahiti em ondas gigantes. (…)Mesmo que eu vá fazer de tudo para para-lo esse ano, sou grande fã do seu surf e ele é realmente um ótimo cara.(…)”.

gabriel kelly

Pois é Kelly, mas a missão de pará-lo não está das mais fáceis. Matematicamente falando as chances de Medina alcançar seu objetivo são enormes.

Sem título

Para ultrapassar Gabriel nessa próxima etapa, Kelly precisa ficar em primeiro – o que somará 10 mil pontos a seu placar – e Medina precisa deixar a competição no máximo no Round 3 – ficando em 13° lugar e somando apenas 1750 pontos. Se Kelly ficar em segundo –  mesmo que Gabriel não participe da prova por ter se machucado – pé de pato, mangalô, 3 vezes – o fenômeno do surf brasileiro mantém seu lugar no topo. O mesmo acontece caso Joel Parkinson – 3° colocado e atual Campeão Mundial –fique em 1° lugar.

Logo, a possibilidade de Gabriel Medina se manter no topo até a próxima etapa é praticamente certa.

O ideal é que ele pontue bem nas próximas três etapas e chegue ao Pipe Masters – uma das ondas mais temidas do circuito – com folga suficiente para se permitir não ir tão bem. É muito cedo ainda para fazermos todas as previsões, mas é claro que se Slater e Parko não forem tão bem nessas mesmas etapas, a gente fica ainda mais pertinho do título.

Vamos torcer, vibrar e enviar muita energia positiva! As baterias serão transmitidas ao vivo no site a partir do dia 09/09/14. Acompanhe nossa página no Facebook para atualizações.

Vai com tudo Gabriel! O Brasil está com você!