Nosso casamento em Las Vegas: a cerimônia

Há dois anos atrás, nesse mesmo dia, estávamos nos casando em Las Vegas. Nada melhor para celebrar do que com um post contando como foi um dos momentos mais importantes da nossa vida, que vamos guardar para sempre. Desde então muita coisa mudou e a cada dia e a cada adversidade tenho certeza de que escolhi a pessoa certa para estar ao meu lado.  Nós somos muito amigos e acho que quem acompanha o blog percebe como temos afinidades. Gostamos dos mesmos esportes, dos mesmos passeios, não sentimos ciúmes, deixamos cada um ter seu espaço e se sentir a vontade dentro do relacionamento. E acima de tudo temos um amor incondicional um pelo outro. Só tenho a agradecer ao Guilherme por me fazer tão feliz.

Nosso casamento foi um momento muito especial e só nosso! A única preocupação que tínhamos era estar ali um para o outro e fazer daquele momento inesquecível. A partir da hora que entramos naquela limousine todas as nossas energias estavam canalizadas para o nosso amor.

O motorista era muito simpático e falava até português. Ele havia morado no Rio De Janeiro por um ano e foi nos entretendo no caminho até a capela.

Casamento Las Vegas Caru e Gui

Chegando lá, recebemos algumas instruções e conversamos com o Ministro. Ele nos contou que há apenas alguns dias atrás havia realizado o “fake” casamento da “Oprah Brasileira”, a Ana Maria Braga – nós inclusive encontramos com ela no aeroporto de Washington na volta e fiz questão de ir lá contar tudo pra ela, que fui super simpátioca e adorou a história! 😉

O vídeo abaixo mostra a matéria que foi ao ar no Mais Você:

Todo o staff da capela – ministro, fotógrafo e a wedding planner – foi extremamente gentil e paciente. Eles nos acolheram e fizeram nosso momento muito especial. Como “uma imagem vale mais do que mil palavras”, vamos as fotos e ao vídeo. Espero que vocês gostem!

Casamento Las Vegas Caru e Gui Casamento Las Vegas Caru e Gui Casamento Las Vegas Caru e Gui Casamento Las Vegas Caru e Gui Casamento Las Vegas Caru e Gui

Parabéns pra nós Gui! Te amo muito! <3

Nosso casamento em Las Vegas: o grande dia

Depois de almoçarmos e passearmos um pouco pela cidade voltamos ao hotel para iniciarmos os preparativos para o grande dia.

Nós já havíamos levado nossas roupas aqui do Brasil, mas é possível alugar vestidos lindíssimos por lá. Eu não quis fazer isso por que fiquei com um pouco de meso de não encontrar nada que me agradace. O Gui usou um terno e só deixou para comprar lá a gravata e o sapato.

Também não contratei cabelereiros nem maquiadores. Fiz tudo sozinha. E por isso precisávamos de uma logística eficiente para que nada desse errado.Como tínhamos só um quarto para os dois, o Gui se arrumou primeiro e desceu para o bar do hotel, aonde ia me esperar.

Fiz tudo sozinha com muita calma e sem maiores problemas. Até a hora de fechar o vestido! Liguei para o serviço de quarto e solicitei que eles enviassem alguém para me ajudar. Esperei meia hora e nada! Não tive outra opção a não ser ligar para o Guilherme e pedir para que ele subisse para me ajudar.

Claro que ele tinha que ficar de olhos fechados para não me ver de noiva!

Ele chegou já meio alto, tinha tomado muitos drinks no bar, e não conseguia de jeito nenhum. Nessa hora eu já estava desesperada e chorando, enquanto o motorista da limousine ligava no quarto pedindo para que descêssemos. Ele saiu então pelo corredor e pegou a primeira pessoa que viu – graças a Deus um funcionário do Hotel-que meio desconfiada veio nos ajudar. Nunca vou esquecer a cara de alivio do homem quando eu abri a porta e ele viu que tinha mesmo uma noiva lá. Fechou em segundos. Que alivio!

O Gui desceu, eu dei os últimos retoques e desci em seguida. O caminho até ele foi bem divertido, todo mundo olhando, desejando-nos boa sorte e nos comprimentando.

Nos vimos pela primeira vez no lobby do hotel e de limousine seguimos com direção a capela.

casamento em las vegas noivos

casamento em las vegas limo

A cerimônia fica pro próximo post.

Nosso casamento em Las Vegas: a licença matrimonial

Muita gente acha que para se casar em Las Vegas é só chegar em uma capela – muitas vezes bêbado e no meio da madrugada – e se casar. Afinal, é assim que vemos nos filmes não é? Mas na vida real é um pouco diferente. Os tramitês para um casamento são realmente mais simples, mas também não é assim.

Todo cidadão, estrangeiro ou não, que deseja se casar em Las Vegas precisa antes ir ao Cartório Matrimonial e tirar o que eles chamam de Marriege Licence, ou Licença Matrimonial.


Exibir mapa ampliado

Para a obtenção do documento é necessário que ambas as partes compareçam munidas de seus passaportes ao Clark Count Marriege Boureau, sejam maiores de dezoito anos, não sejam parentes, sejam de sexos opostos e não tenham um marido ou uma esposa vivos. É cobrada uma taxa de $60 – que pode ser paga com cartão de cédito mediante um acréscimo de $5 –  e o documento sai na hora.

marriege licence bureau las vegas

A plaquinha no cartório comprova a fama da cidade, avisando que não serão espedidas licenças para aqueles que estiverem aparentando estar sob a influencia de drogas.

Para facilitar o processo, você pode entrar no site e já preencher o formulário daqui e na hora que você chegar lá só precisará apresentar o número e aguardar a impressão da licença. Vale lembrar que o formulário fica no sistema por 60 dias – portanto não preencha com antecedencia superior a essa. O formulário se encontra nesse link  na aba Marriege Application.

Com tudo isso feito e nenhuma fila no cartório, não demoramos nem cinco minutos para ter nossa licença em mãos. Saímos do cartório e fomos até a capela deixar a licença com nossa Wedding Planner.

O cartório funciona sete dias por semana das 8h da manhã a meia noite.

Mais informações:
Clark Count Marriage Bureau
201 E Clark Ave, Las Vegas, NV

Nosso casamento em Las Vegas: a escolha da capela

Decisão de casar tomada, família informada, começaram os preparativos. Levamos nosso trajes e alianças daqui e deixamos todo o resto para ser resolvido por lá.

Antes de irmos chequei quase todos os sites de capelas matrimonias e listei as que mais gostei. Existem mais de 50 capelas na cidade que podem ser pinks, cheias de neon e outros adornos ao melhor estilos Vegas ou mais tradicionais e sofisticadas, que em sua maioria ficam no interior dos hotéis . Deixamos para fechar e marcar a data lá, já que ficamos receosos em não ver o lugar pessoalmente.

Com a lista em mãos saímos por Vegas e começamos nossa busca. Nossos pré requisitos eram que houvesse a possibilidade de transmissão ao vivo pela internet e que a capela tivesse um estilo mais tradicional. Não visitamos também as capelas dentro de hotéis, que normalmente são maiores e abrigam cerimônias com convidados.

Começamos por uma das mais famosas: A Little White Chapel. Apesar de sabermos que ela não se enquadrava no perfil que buscávamos, como não visitar o lugar que Britney Spears, Michael Jordan, Bruce Willians e Demi Morre, Frank Sinatra e Mia Farrow entre outros famosos escolheram para casar?

little white chapel

Se você estiver em busca de uma cerimônia mais divertida, com direito a Elvis e muitos elementos bregas e kitschs, aqui é o seu lugar.

Como esse não era o nosso caso, continuamos a nossa busca. Passamos pela Special Memory Wedding Chapel – que tem uma fachada linda, mas não gostamos muito do carpete vermelho no interior –  pela Graceland Chapel – que é uma graça, pequenininha e acolhedora –  pela Chapel Of The Bells  – bem famosa também e com um estilo neon, que não era o que estávamos buscando – pela Las Vegas Wedding -que foi uma das que mais nos agradou e possui uma variedade bem grande de cenários para a cerimônia – e ainda pela Little Church of the West – uma graça e local do primeiro casamento de Angelina Jolie.

A Specila Memory Wedding Chapel

A Special Memory Wedding Chapel

Graceland Chapel

Graceland Chapel

Chapel Off the Bells

Chapel Off the Bells

Las Vegas Wedding

Las Vegas Wedding

The Little Church of the West

The Little Church of the West

Até que chegamos a Chapel of the Flowers. A fachada é uma graça, pequena, acolhedora e sem neons. O atendimento da Wedding Planner foi perfeito e nos deixou muito seguros com relação aos preparativos. A capela em si era também pequena, tradicional e ideal para nosso casamento a dois. Havia possibilidade de transmissão ao vivo pela internet. E além disso a Linda, nossa querida amiga de New Port, havia se casado lá a muitos anos atrás e indicado o local. Estávamos achando o caminho

Ver mapa maior
View Larger Map

A grande maioria das capelas trabalha com pacotes a preços fechados que incluem uma série de itens e serviços. Na Chapel of the Flowers eles vão de $195 – para as cerimônias mais simples – a $15.000 – com coquetel incluso para até 75 pessoas.

Nós ficamos com uma das opções mais simples, já que estávamos só nós dois. Nosso pacote incluía o meu buque de rosas, a flor da lapela do Gui, 14 fotos impressas da cerimônia, um DVD, a transmissão ao vivo pela internet com mais oito horas de disponibilidade das imagens, a música e uma limousine que nos levaria e traria de volta ao hotel.

O pacote saiu por $395 mais taxas e gorjetas, totalizando $550 – a questão da gorjeta é um pouco estranha para nós brasileiros, mas você é obrigado a dar $60 para o ministro, $40 para o fotógrafo e $30 para o motorista, portanto, já coloque esses valores no custo final.

Escolhemos as músicas, a cor das flores e marcamos a cerimônia para o dia seguinte as 18:30h.

page7

Dali fomos para o cartório tirar a licença matrimonial – vou contar no próximo post – e  convidamos todos para assistir a cerimônia on-line pela internet.

Pronto! Tudo preparado para o grande dia em menos de quatro horas. Dá para acreditar???

Mais informações:
Chapel of the Flowers
http://www.littlechapel.com/
1717 Las Vegas Blvd. So.
Las Vegas, NV 89104 USA
1-702-735-43311-800-843-2410
info@littlechapel.com
Segunda  a Quinta: 7:00 am – 8:00 pm
Sextas e Sábados: 7:00 am – 9:00 pm
Fecha aos domingos.

O real e grande motivo de toda a nossa viagem

casamento las vegas

Queridos leitores,

O post de hoje inicia a última etapa da nossa viagem e sem dúvida a mais marcante e especial. Nem todos sabem – inclusive eu fiz questão de deixar (ou pelo menos tentar deixar) isso em segredo – mas nós, eu e o Gui, nos CASAMOS em Las Vegas.

Nós já morávamos juntos a quase três anos e devido a algumas circunstâncias da vida – entre elas o orçamento apertado – ainda não tínhamos dado esse passo tão importante. Eu sempre amei Vegas: as luzes, a atmosfera, os cassinos, os cenários e também os casamentos estilo fast food. Mas nunca tinha passado pela nossa cabeça nos casarmos lá.

Até que depois de começar a tentar planejar um casamento tradicional, eu desisti! Não consegui me acostumar com a ideia de investir tanto dinheiro e tempo em algo que iria durar uma única noite – mas respeito e acho lindo quem o faz. Só conseguia pensar na viagem maravilhosa que podíamos fazer com todo aquele dinheiro. Foi aí que resolvemos juntar o útil ao agradável e decidimos ir para Califórnia e terminar nossa viagem em Las Vegas com o nosso casamento.

Foi difícil convencer nossas famílias de que iríamos sozinhos e que eles teriam que ver tudo pela internet. Foi difícil saber que não teríamos ninguém para dar aquele apoio moral pré cerimônia. Foi difícil saber que caminharíamos sozinhos até o altar. Foi difícil também saber que não iríamos ter padrinhos e madrinhas. Mas tudo isso vinha junto com um sentimento de aventura, de fazer diferente, de fazer alguma coisa louca na vida.

Os próximos posts vão contar como foi concretizar essa nossa maluquice: como escolhemos a capela, as questões legais, todos os preparativos, o vídeo da cerimônia, como comemoramos e etc.

Espero que vocês curtam e se emocionem tanto quanto nós.

Um abraço e obrigada por nos acompanhar até aqui,

Caru e Gui

Peepshow: divertido e sexy!

Já falamos de compras e restaurantes, que apesar de serem ótimas e fortes fontes de entretenimento em Las Vegas, ficam no chinelo quando comparadas aos shows. Muita gente vai pra lá anualmente repetir a maratona diária de ‘compras + restaurante estrelado + show incrível’ dia após dia. Concertos, musicais, shows de mágica e ilusionismo, divas do pop, hipnose, strip-tease, acrobacias, dança e o que mais você imaginar iluminam os palcos espalhados pela cidade e podem ocupar muito bem suas noites.  Aonde mais sete espetáculos diferentes do Cirque du Soleil estão em cartaz simultaneamente? Aonde mais você assiste a um show do Criss Angel, o mágico mais premiado da história?  Aonde mais a diva Celine Dion faz shows todas as noites? E ainda, aonde você vê um show de strip-tease com uma das mais famosas coelhinhas da Playboy da história? Só em Las Vegas!

Apesar de bem mais fácil do que em qualquer outro lugar do planeta, comprar os ingressos pro seu show preferido pode necessitar de um pouco de planejamento. Nós queríamos assistir a um dos espetáculos mais concorridos do Cirque du Soleil, o O, mas deixamos para comprar por lá e os ingressos já estavam esgotados.

Por isso, se você quiser assistir aos shows mais famosos, programe-se.  Se esse não for o caso deixe para tentar a sorte nas barraquinhas do Tix4tonight  – espalhadas por todos os cantos da Strip. Lá você compra ingressos para a mesma noite com descontos que chegam até 50% e pode acabar economizando alguns dólares e se surpreendendo com algum show não tão conhecido.

Foi esse o nosso caso. Na falta de programação e de ingressos para o Cirque du Soleil que havíamos escolhido, nos interessamos pelo show em cartaz no Planet Hollywood. Como estávamos hospedados no PH Towers, anexo ao complexo, tivemos desconto nos ingressos, que saíram $69 por pessoa em um lugar bem bacana.

Intitulado Peep Show, o espetáculo é descrito como um show burlesco de strip-tease que tem como personagem principal nada mais nada menos do que Holly Madison, uma das mais famosas namoradas de Hugh Hefner, fundador da revista Playboy.

l

Sem nenhuma expectativa fomos assistir ao show esperando nos divertir vendo alguns peitos siliconados de fora e nada mais do que isso. Mas que surpresa tivemos.

O musical ao estilo Broadway conta a história da inocente e tímida Bo Peep, que se vê sozinha e decidida a se transformar em uma confiante e sedutora mulher. Com a ajuda da Peep Diva e suas amigas – todas lindas e incríveis dançarinas – ela vai traçando seu caminho até atingir seu objetivo. Descrita como “a tale with a tease” a história se desenrola através de alusões a contos de fadas e histórias conhecidas pelo publico, com toques de comédia e romantismo. Os cenários, os figurinos, as músicas e as meninas são simplesmente espetaculares. Elas dançam muito, cantam muito e hipnotizam o publico com alguns outros atributos.

peepshow las vegas

peep show las vegas ms pete

peepshow las vegas mosaico

peep show las vegas holly madison

peepshow las vegas girls

Não poderíamos ter escolhido um show mais apropriado para o clima de Vegas. Sensual, divertido e lindo! Saímos de lá de boca aberta, surpreendidos e encantados.  Sem dúvida o melhor show de strip-tease que já vimos e provavelmente, veremos.

Depois de três anos a frente do show, Holly abandonou o posto que está agora nas mão de Coco Austin, esposa do rapper Ice T e estrela do reality show do E!, Ice Love’s Coco. Entrando no site oficial para escrever esse post descobri que no dia primeiro de setembro desse ano ocorrerá a última apresentação. Segundo os produtores está difícil achar uma atriz de peso para o papel principal e o contrato da atual estrela acaba nessa data. Portanto se você vai estar em Vegas semana que vem, corra! Lembrando que é proibida a entrada para menores de 18 anos, tirar fotos ou filmar.

E você, quais shows já assistiu em Vegas?

* Algumas das fotos desse post não são de autoria do blog. Se você detém os direitos de alguma das imagens e quiser que a mesma seja retirada ou creditada, por favor, contate-nos.

Os shoppings de Las Vegas

Como nós já falamos aqui, Las Vegas é ótima para compras. Além dos outlets, a cidade conta com uma infinidade de shoppings centers que vão dos mais simples aos mais sofisticados. É quase impossível não visitar nenhum, já que inevitavelmente você vai passar por eles para chegar aos restaurantes e casinos. Nós passamos por quarto, mas não fizemos muitas compras – nesse fim da viagem as malas já estavam bem cheias e os bolsos já estavam bem vazios.

Miracle Mile Shops 

View Larger Map

O shopping do Planet Hollywood era nosso caminho de todo dia e possui cerca de 130 lojas.  Assim como muitos outros tem um céu que recria a luz do dia e o diferencial é que de hora em hora acontece uma tempestade chamada de Harbor Rain – nada de mais, mas surpreende quem está passando.

page1 page2

Além das lojas mais tradicionais como Americam Apparel, Sephora, Victoria’s Secret, H&M, Gap, Guess, Lucky Brand e Bath and Body Works, há uma boa seleção de lojas de surfwear – Billabong, DC Shoes, Quicksilver e Volcon.

A Las Vegas Fight Shop faz a alegria dos fãs de MMA e Jiu Jitsu com camisetas e acessórios para práticas de luta, inclusive para meninas. Não vi nenhuma loja parecida durante toda nossa viagem e apesar do preço ser um pouco salgado para os padrões americanos, vale a visita.

las vegas figth shop

Entre os restaurantes destaca-se o Pampas Brazilian Steak House, com rodizio de churrasco brasileiro a $40 por pessoa. Não provamos, mas ficamos com vontade.

O V Theater exibe alguns shows bacanas, mas o que mais me chamou a atenção foi o Strip 101, uma aula de strip-tease para mulheres que acontece diariamente e parece ser bem divertida. O Stripper Bar ao lado, completa o clima de “Sin City” com uma stripper de 10m na porta.

v teather e stripper bar

The Fashion Show

View Larger Map

Quase em frente ao Wynn, fica o The Fashion Show Mall. O maior shopping da Strip tem cerca de 250 lojas distribuídas por seus 185 mil metros quadrados. O grande diferencial está na variedade de lojas de departamento: Neiman Marcus, Nordstrom, Saks Fifth Avenue, Bloomiongsdale’s Home e Macy’s podem ocupar boas horas do seu tempo. Como se não bastasse há ainda as famosas Zara, Top Shop e Forever 21, que juntas podem também encher muitas malas. Para completer Abercombrie, Apple, Banana Republic, Bath and Body Works, The Body Shop, Build-a-bear, Gap, Hollister, Lacoste, Levis, Oakley e Puma citando só algumas.

O shopping promove desfiles em uma passarela de 25m que surge instantaneamente do chão – daí o nome Fashion Show – que acontecem todas as sextas, sábados e domingos, de hora em hora, do meio dia as seis da tarde.

the fashion show las vegas

The Forum Shops 

View Larger Map

Localizado dentro do Caesars Palace, o The Forum Shops segue a temática do Hotel e a sensação é a de estar caminhando por Roma em pleno entardecer. Entre colunas e estátuas distribuem-se cerca de 160 lojas das mais sofisticadas – Balenciaga, Burberry, Cartier, Christian Dior, Louboutin, Diane Von Fustenberg, Pucci, Ermenegildo Zegna, Fendi, Jimmy Choo, Marc Jacobs, Tiffany, Valentino e Versace – as mais normais e possíveis para nós, meros mortais – Abercrombie, Apple, Banana Republic, Gap, Guess, Juicy Couture, UGG, Swatch, Sephora, a maior H&M do mundo entre outras.

page6

Christian Louboutin Forun Shops

O shopping conta também com algumas boas opções de restaurantes, entre eles o P.J. Clarks – famosa hamburgueria novaiorquina, um Planet Hollywood – franquia bem popular entre os brasileiros e na minha opinião o melhor de tudo, uma filial da The Cheesecake Factory, meu restaurante preferido nos EUA. Claro que não podíamos deixar passar e aproveitamos nossa ida ao shopping para almoçar por lá – já contei nosso jantar na filial de San Francisco aqui.

O Gui pediu o Four Cheese Pasta – penne com muzzarella, ricota, queijo parmesão e romano, molho branco e manjericão fresco que pode vir com frango e ele pediu para trocar por camarões. Eu fui de Salisbury Steak –  file acompanhado de gravy com cebolas e cogumelos, purê de batata e aspargos.

Como sempre a comida estava divina! Pedimos um Cheesecake tradicional de sobremesa para dividir e apesar de delicioso, foi dificil conseguir comer tudo – o prato principal é bem servido. Gastamos cerca de $60 com a gorjeta.

page7

The Shops At Crystals 

View Larger Map

No interior do Aria fica o shopping mais chique e exclusivo de Las Vegas. Para sair com uma sacola de alguma das 55 lojas só cometendo uma loucura ou estando com a carteira bem cheia. Vale ir só para dar uma olhada nas vitrines e passear pela atmosfera de luxo e glamour. Valencino, Gucci, Fendi, Louis Vuitton – a maior da América do Norte, com dois andares – Ballenciaga, Dolce & Gabanna, Emiliano Pucci, Porshe, Prada, Saint Laurent, Tiffany & Co, Tom Ford, Cartier, Bottega Veneta, Miu Miu, Jimmy Choo, Hermes, Roberto Cavalli, Ermenegildo Zegna, Versace, Stella Mccartney, H. Stern, Donna Karan, Christian Dior e Bvlgari fazem parte da lista de lojas do The Shops At Crystals.

the shops at crystals las vegas

louis vuitton the shops at crystals

Entre os restaurantes, destaque para o Wolfgang Puck que possui mais seis restaurantes na cidade.

Mais informações:
The Miracle Mile Shops – http://www.miraclemileshopslv.com/
The Fashion Show – http://www.thefashionshow.com/
The Forum Shops – http://www.caesarspalace.com/things-to-do/forum-shops.html#.UgTshtLVCSo
The Shops at Crystals – http://www.crystalsatcitycenter.com/

 

* Algumas das fotos desse post não são de autoria do blog. Se você detém os direitos de alguma das imagens e quiser que a mesma seja retirada ou creditada, por favor, contate-nos.

Buffets All You Can Eat: a maratona gastronômica de Las Vegas

Em Las Vegas tudo é possível e essa afirmação é válida também em termos gastronômicos. Você pode ter uma experiência inesquecível em um dos restaurantes de chefs estrelados, comer um Hot Dog na esquina por $0.99 ou ainda fazer uma maratona de comilança pelos Buffets All You Can Eat. Nós ficamos com a última opção.

Os Buffets All You Can Eat, como você já deve ter percebido pelo nome, são buffets aonde você come a vontade pagando um valor único. Praticamente todos os hotéis de Las Vegas tem um e a qualidade e serviço de cada local varia bastante.

Você vai encontrar centenas de reviews na internet com relação aos buffets e diversos rankings e tops 10. Pesquisando, decidimos conhecer o Village Sea Food no Rio, especializado em frutos do mar e com uma bela estação de comida japonesa. Pesquisando mais descobrimos o Buffet of Buffets, um combo que dá direito a 24h continuas de acesso ilimitado a seis buffets pertencentes ao grupo do Caesars –  Le Village Buffet (Paris), Spice Market Buffet (Planet Hollywood), Paradise Garden Buffet (Flamingo), Flavors (Harrah’s), Emperor’s Buffet (The Quad Las Vegas) e Carnival World Buffet (Rio) – e por valores adicionais inclui também o Bacchanal at Caesars Palace – que figura entre diversos Tops 10 – e o Village Sea Food, nosso escolhido.

Embarcamos na maratona de comilança durante nosso ultimo dia em Vegas. O valor do passe é de $49,99 mais o upgrade para o Village por $15, totalizando $65 por pessoa – se você quiser o upgrade para o Bacchanals tem que pagar mais $15 e acho que só vale a pena se você optar por dois jantares dentro das 24h.

Falando nisso você tem que pensar bem como vai aproveitar suas 24h. Nós íamos embora no dia seguinte, por isso começamos pelo café da manhã. Chegamos por volta das 10:30am, o que nos deu direito a entrar nos buffets até a mesma hora do dia seguinte – fizemos um café da manhã, almoço, jantar e café da manhã do dia seguinte. Mas eu acho a melhor opção começar por um jantar tarde – por volta das nove e meia – e terminar com um jantar cedo – antes da nove e meia.

Antes de começar a relatar nossa experiência quero ressaltar que você não pode esquecer que por mais maravilhoso que seja o buffet, ele é um buffet. Não espere que a qualidade dos pratos seja similar a de restaurantes comuns. A comida foi feita em uma quantidade considerável e está lá exposta no balcão a algum tempo,  o que faz a qualidade cair inevitavelmente. Se você quer sabores maravilhosos esqueça, mas se a sua intenção é comer bastante, por um preço bom e uma comida ok, vá em frente.

Como já disse, começamos pelo café da manhã e o escolhido foi o Le Village, no Paris Las Vegas. Com certeza é a melhor opção para o café dentre os buffets participantes. Crepes, quiches, omeletes, ovos pouchets, queijos, croissants, crème brule e bolos todos fresquinhos e gostosos. O preço original durante a semana é de $21,99 e nos fins de semana $23,99. O café da manhã foi na nossa opinião a refeição que mais valeu a pena – o preço é similar ao que você gastaria em outros lugares, e tem mais opções pra quem não gosta de café da manhã americano.

page1 page2

No almoço seguimos para o Spice Market, no Planet Hollywood. Foi nele também que tomamos o café da manhã, no dia seguinte. O Buffet é relativamente grande e tem estações de vários países. Acho que chegamos um pouco tarde para o almoço – por volta das duas da tarde – e a reposição dos pratos já estava bem lenta. A comida estava ok, as sobremesas estavam boas, mas não achamos que valeu a pena. O café da manhã no dia seguinte foi bom, haviam muitos sabores de cupcakes e vários tipos de bagels diferentes, além de ovos feitos na hora, pães e suco de laranja. Os preços originais são de $21,99 para o almoço e $19,99 no café da manhã.

page6

O jantar, no Villagge Sea Food Rio, foi um tanto quanto decepcionante. Os reviews falam maravilhas do lugar e nós esperávamos muito. A maioria dos pratos é servido frio, inclusive os camarões e lagostas. Isso é comum lá nos Eua, mas eu particularmente não gosto. O que mais valeu a pena foram as dezenas de patas de King Crab que estavam uma delícia, alguns dos sushis e a lagosta, apesar de ser fria, estava boa. O Buffet custa originalmente $40.99.

page3

page5

Eu não repetiria a experiência do Buffet of Buffets. A comida não é deliciosa, o que contribui para que você não coma tanto. Sabe aquele ‘Resort All Inclusive’ que tem toda aquela comida que na primeira refeição você acha ótima e depois não consegue mais nem olhar pra ela? Foi meio assim que eu me senti. Acho que com o valor que gastamos em um dia de comilança conseguiríamos comer muito melhor o dia todo – talvez gastássemos um pouco mais pelo segundo café da manhã. Também não pagaria novamente $40,99 pelo jantar do Village no Rio, mas a experiência foi válida – quando eu iria comer tanta pata de caranguejo em um dia só?

Falam super bem do Buffet do Aria, do Bellagio e também do Wynn. Alguém já foi e teve experiências positivas?

No próximo post vou falar sobre os shoppings da Strip e sobre o nosso almoço no meu restaurante preferido e com ótimo custo beneficio, inclusive se comparado aos buffets.

Mais informações:
Buffet of Buffets
Le Village Buffet, Paris  
Spice Market Buffet, Planet Hollywood 
Village Sea Food Buffet, Rio 

Os Hotéis de Las Vegas

Las Vegas é conhecida mundialmente por seus mega Hotéis Resorts e Casinos com cenários e luzes incríveis que fazem qualquer um ficar de boca aberta. É bem difícil dizer qual deles é mais bacana e são tantos que fica quase impossível conhecer todos de uma tacada só. Uma boa maneira de fazer isso é ir jantar cada dia em um hotel diferente ou ir jogar em um casino por dia. Como não tínhamos muito tempo tiramos uma manhã só para ir parando nos hotéis, de carro. Você pode estacionar o carro no estacionamento – que é sempre grátis – e entrar em qualquer um deles sem problema nenhum.

Começamos pela área do Hotel anexo ao nosso, o Planet Hollywood. O casino é bem bacana e tem uma temática sexy, com meninas em roupas curtinhas  dançando em cima das mesas. O shopping também é bonito, e vou falar melhor sobre ele em um outro post.

page 0 page 1 page2

O Paris Las Vegas, logo ao lado, recria as ruas da capital da França. Há uma grande Torre Eiffel de 46 m de altura – aonde você pode subir para apreciar a vista, um mini arco do Triunfo e alguns outros monumentos recriados em pedaços na fachada. No interior há creperias, cafés e dois bons restaurantes – o do Gordon Ramsay e o que fica na Torre.

page4

De lá fomos para o Bellagio, que tem fama de ser um dos mais luxuosos da Strip. Eu sinceramente não achei nada de mais. O casino é bonito e a grande atração fica mesmo por conta do show das águas que você pode ver de diversos outros pontos e acontece de meia em meia hora durante a tarde e de quinze em quinze minutos de noite.

page5

A próxima parada foi o Flamingo. Apesar de ser um hotel mais simples e antigo, era um dos que eu mais queria conhecer por ser um clássico – e todo pink. Ele tem diárias bem baratas e fica localizado em um ponto ótimo da Strip.

page6

O Caesars Palace dispensa apresentações. Ficou famoso através do filme Se beber não case e por conta disso vive lotado. Tem uma das maiores casas de shows de Vegas, que imita o Coliseu e os shows são sempre bacanas. O Forum Shoppings, para mim é um dos melhores e mais bonitos, vou falar só dele em um post depois.

page7

Para finalizar fomos ao Venetian, sem dúvida o mais impactante de todos. A fachada é extraordinária e os canais adentram o hotel, que tem um teto que recria sempre a luz do dia. É possível passear nas Gondolas e até casar nelas, se você quiser!

page8

Queria muito ter conhecido ainda o Wynn e seus lindos mosaicos, o Luxor e a esfinge, O MGM e seu leões, o Mirage e seu Vulcão, o Treasure Island e o show das sereias, o Mandala Bay com sua atmosfera mais luxuosa, ter dado uma volta na montanha russa do New York New York e ainda ter visto Las Vegas da torre de 100m de altura do Stratosphere. Já comecei a achar motivos para voltar!!

page9

Esse post do Viaje na Viagem fala mais detalhadamente de cada um dos hotéis.

* Algumas das fotos desse post não são de autoria do blog. Se você detém os direitos de alguma das imagens e quiser que a mesma seja retirada ou creditada, por favor, contate-nos.

Outlets em Las Vegas

Las Vegas é também a cidade das compras e além de dezenas de shoppings e flagships de marcas consagradas possui alguns outlets. Dois deles são da rede Premium – a preferida dos brasileiros – e ficam em lados opostos da Strip. O Las Vegas Premium Outlets North tem 150 lojas e fica bem pertinho do Stratosphere, já  o South, tem cerca de 130 lojas e fica um pouco mais distante.


View Las Vegas Premium Outlets – South in a larger map

Optamos pelo primeiro, por ser mais perto e maior e fomos até lá de carro. Se você está a pé, fique tranquilo, existem ônibus comuns e turísticos que deixam você dentro de ambos.

Sempre antes de ir visitar qualquer outlet entre no site e de uma olhadinha no mapa – se possível imprima e marque suas lojas preferidas – e também procure por cupons de desconto. No caso da rede Premium é preciso estar cadastrado como Vip Member para ter acesso aos cupons, mas não há custo para isso.

Paramos no estacionamento gratuito e saímos para a maratona. O outlet tem todas as lojas queridinhas dos brasileiros – Nike, Adidas, Tommy, Gap, Calvin Klein, Banana Republic, Diesel, Hurley, Lacoste, Levis, Oakley, Pulma, Quicksilver – e uma praça de alimentação com algumas opções – almoçamos no Subway.

page

Faltam algumas lojas como Victoria`s Secret, Hollyster, Abercrombie, Forever 21 e Vans mas  você encontra todas elas nos shoppings facilmente.

Eu não achei os outlets de Vegas tão bacanas e baratos como dizem por aí e não comprei quase nada – pode ter sido falta de sorte também. Mas se esse é o único que você irá passar durante sua viagem, vale a pena.

Se você está a procura de pechinchas não deixe de visitar a Ross Dress For Less, a T.J. Maxx e a Marshalls. Em todas eu achei ofertas melhores do que em qualquer outlet.

Mais informações:
Las Vegas Premium Outlets North
875 South Grand Central Parkway
Las Vegas, NV 89106
(702) 474-7500