Como usar o Google Maps para planejar sua próxima viagem

Entre as perguntas mais freqüentes que recebemos aqui no blog estão sempre as referentes a localização. “Quanto tempo demoro para ir de carro de San Francisco a Santa Cruz?”, ou “Qual a ordem das cidades que devo parar no trajeto pela costa?” e ainda “Meu hotel em San Diego fica perto do Gaslamp Quarter?”.

Para essas e outras perguntas a melhor resposta está sempre no Google Maps.

A ferramenta é companheira inseparável de quem vai viajar para qualquer parte do mundo. É à ela que você deve recorrer desde o inicio do planejamento quando quer decidir por qual cidade chegar ou partir, verificar se o seu hotel é bem localizado ou se vai precisar ou não alugar um carro. Na hora de fechar o roteiro o Google Maps também ajuda mostrando o tempo que você demora para percorrer os trajetos, que restaurantes ficam próximos das atrações que você vai visitar e por aí vai.

E ele não vai te abandonar tão cedo: chegando no seu destino, ele é ótimo para indicar caminhos e opções de transporte público.

Portanto, posso afirmar que na minha humilde opinião o Google Maps é uma das melhores coisas que a tecnologia trouxe para o mundo das viagens.

I <3 Google Maps!

I love Google Maps

Apesar de já existirem muitos posts por aí falando sobre a ferramenta decidi escrever a minha versão, porque parece que ainda há muita gente que não usa essa maravilha da tecnologia.

Não vou ficar explicando como você usa tecnicamente os mapas, pois isso o Google já faz por você aqui. Vou apenas mostrar em que situações e como eu me beneficio dele para planejar minhas viagens, dando exemplos específicos para a Califórnia, mas que podem e devem, ser utilizadas para qualquer parte do mundo.

AS PRINCIPAIS FUNÇÕES DO GOOGLE MAPS PARA PLANEJAR SUA VIAGEM PARA CALIFÓRNIA

1. Ser um Mapa

A função mais primitiva e básica do Google Maps é SER UM MAPA. Parece óbvio, mas com tantas funcionalidades sinto que muita gente esquece disso.

Quando uma viagem envolve múltiplas cidades ou países a primeira coisa que você deve fazer é olhar o mapa do seu destino. Esse é o caso da Califórnia. Você não consegue montar um roteiro sem conhecer a localização de cada cidade. De maneira geral explore a região:

– Comece digitando a palavra Califórnia na caixa de busca.

Digite California

– Altere os modos de visualização entre satélite e mapa e observe de que lado fica o oceano, quais são as fronteiras, o que fica no norte e o que fica no sul.

Satelite

Modo mapa

– Dê zoom nas cidades e veja quais são próximas umas das outras. Clique nos nomes de cada uma e veja informações na barra lateral esquerda.

Clique no nome da cidade para obter mais informações

Teste agora:

2. Traçar Rotas Ponto a Ponto

A função de rotas não se limita à de um GPS. Não se esqueça que uma viagem para Califórnia é por vocação uma “Road Trip”, o que significa que você irá passar um bom tempo no carro, percorrendo estradas e passando por diferentes cidades. Logo, essa função irá ajuda-lo muito no planejamento e vai ser primordial na hora de tomar diversas decisões.

– Estude as possíveis rotas para saber como escolher o melhor caminho. Ninguém que está visitando a Califórnia quer ir de San Francisco para Los Angeles sem passar pelo Big Sur, mas a primeira opção de trajeto envia você pela I-5, uma estrada mais rápida e sem graça. Você só vai saber como programar seu GPS se conhecer o mapa e as alternativas. Note que é possível alterar a rota no Google Maps, arrastando a linha azul.

– Anote quanto tempo você vai levar do aeroporto ao hotel, do hotel para seus pontos de interesse ou de uma cidade a outra. Esses dados são essenciais para deixar sua programação redondinha.

É possível traçar uma rota com múltiplos pontos.

É possível traçar uma rota com múltiplos pontos.

– Descubra se o seu hotel é bem localizado simulando o trajeto entre ele e os locais que você pretende visitar.

– Você pode ainda trocar o seu meio de transporte do carro para diversas outras opções. Se pretende ir a pé altere para o ícone do pedestre e o Google te diz quantos quilômetros e o tempo médio que você irá gastar até o seu destino. Se quiser ir de bicicleta ele indica onde há ciclovias e quais rotas apresentam menos inclinação. Uma nova função permite até que você cheque os vôos disponíveis entre os locais e cote os preços através do Google Travel. Ainda há a opção dos transportes públicos, o que nos leva ao próximo tópico.

Na barra lateral é possível acompanhar a inclinação do trajeto de bicicleta.

Na barra lateral é possível acompanhar a inclinação do trajeto de bicicleta.

3. Informar Itinerários

Para quem não vai estar de carro essa é a função que substitui a anterior. Através dela é possível obter itinerários de transporte público dentro e entre as cidades.

Eu já levo boa parte deles anotados no meu roteiro para não perder tempo pesquisando isso no destino. Por exemplo: meus planos são sair do hotel em San Francisco para ir ao Golden Gate Park, de lá ir para China Town e retornar ao hotel. Simulo a rota no Google e anoto aonde tenho que pegar os ônibus, os nomes das linhas, horários e em que pontos descer.

Itinerário

Sei que nem todos tem essa paciência, mas garanto que é extremamente recompensador acordar de manhã e não ter essa preocupação. Também é ótimo não precisar ficar perguntando para as pessoas na rua em uma língua que não é a sua.

Mas se você não é muito dado a planejamentos, ou ainda se algo saiu diferente do planejado – o que acontece sempre, tá gente?! – o app do Google Maps para celular está aí para te salvar.

É possível ainda traçar itinerários entre cidades e verificar as opções entre trêns e ônibus.

4. Mostrar como o lugar é

Uma das funções que eu mais gosto no Google Maps é o Google Street View.

Com ela é possível “caminhar pela rua” e ver tudo da perspectiva de um pedestre. É só arrastar o bonequinho amarelo no canto inferior esquerdo para o ponto desejado. A funcionalidade desse recurso é infinita e a cada dia descubro novas utilidades para ele.

– Verifique se o seu hotel é bem localizado: caminhe pelo quarteirão, veja a fachada, o tamanho das janelas… enfim! É como estar lá, vendo tudo da rua.

Vista da rua - Hotel

Vista da rua - rua

– Conheça a aparência dos lugares que deseja visitar. Se você quer, por exemplo, ir ao restaurante x, veja como ele é visto da rua. Na hora que você chegar lá não vai ter duvidas que chegou ao seu destino.

Memorize partes importantes de trajetos como saídas de Freeways ou entradas de ruas. Por exemplo: virar duas ruas depois do prédio azul.

– Verifique se há vagas de estacionamento, se é permitido estacionar ou ainda se há parquímetros.

– Veja como é o ponto de ônibus ou estação de metro que está no seu itinerário. Dá pra imaginar se é seguro durante a noite, se há bastante comércio próximo, etc.

5. Localizar serviços específicos dentro de uma região

Para utilizar esse recurso é só digitar o nome do serviço na caixa de busca. Pode ser algo genérico como “Drug Store”, ou “Restaurant” ou ainda algo mais específico como o nome de uma loja. Assim que você der “enter” irão aparecer diversos pontinhos no mapa que representam locais aonde oferecem o serviço buscado.

Captura de Tela 2014-08-01 às 18.27.19

Essa função é útil para:

– Verificar se há e quais são os serviços próximos ao seu hotel.

– Descobrir se aquela loja ou restaurante específico tem uma unidade na região selecionada.

– Escolher um restaurante para almoçar ou jantar que seja perto de uma atração ou ponto turístico que você irá visitar. Lembrando que ao clicar no nome do restaurante, um menu se abre a esquerda com mais informações, incluindo reviews de clientes e fotos do local.

6. Montar um mapa personalizado

Depois de coletar tantas informações seria perfeito poder salva-las e isso é possível através dos mapas personalizados.

Para criar seu mapa você deve estar logado com uma conta Google e acessar o Maps Engine https://mapsengine.google.com. Clique em “Criar novo mapa”.

Maps Engine

Nesse mapa você vai poder adicionar todos os seus pontos de interesse, rotas e observações. Depois, é possível compartilha-lo através das redes sociais ou e-mail, imprimi-lo ou incorpora-lo ao seu site, como eu fiz aqui.

Para planejar uma viagem eu normalmente faço um mapa geral, com as rotas entre cidades e paradas.

Depois faço um de cada região marcando todos os lugares que pretendo visitar. Como mencionei no post “Como planejar sua viagem para a Califórnia em 10 passos”, é importante agrupar as atividades por bairro ou região para otimizar o tempo. Com esse mapa fica bem fácil de visualizar o que fica perto do que e assim organizar o seu roteiro dia-a-dia.

———————————————————————————————–

Depois de hoje não quero ver mais ninguém perguntando quanto tempo demora pra ir de Los Angeles pra San Diego, se o hotel y é perto do lugar x ou se dá pra ir a pé de Hollywood pra Santa Mônica hem?

Adoro quando vocês fazem comentários e amo ajudá-los no planejamento de tantas viagens, mas com o blog crescendo a cada dia e enquanto ele ainda for só um hobby, preciso da ajuda de vocês para essas questões mais simples.

Falando em ajuda…

Alguém tem alguma outra dica para o planejamento de viagens através do Google Maps? Compartilhe com a gente.

Você fez seu mapa personalizado e ele foi super útil no planejamento? Compartilhe com a gente.

Tem alguma dúvida com relação a utilização do Google Maps que não foi respondida acima? Compartilhe com a gente também.

E se você achou esse post útil e interessante, compartilhe com seus amigos.

Obrigada e até o próximo,

Caru

Como planejar sua viagem para a Califórnia em 10 passos

Uma das minhas partes preferidas em uma viagem começa muito antes da chegada ao aeroporto. O planejamento é o momento aonde descobrimos os lugares maravilhosos que iremos visitar e criamos o desejo e expectativa que irá permear todo o momento mágico e inesquecível que é viajar.

Se você está lendo esse blog é muito provável que você esteja vivendo essa fase. Começando pela escolha do destino, passando pela compra de passagens e reserva de hotéis, até a escolha dos passeios e lugares que você vai visitar, o planejamento é, ao menos para mim, fator determinante no sucesso e aproveitamento da viagem.

Não estou dizendo que isso precisa virar uma obsessão e que você deve planejar tudo hora a hora, mas o mínimo de programação e conhecimento sobre o lugar otmiza o tempo, evita gastos desnecessários, perrengues, estresses e decisões de última hora. Esse planejamento já foi motivo de muita discussão aqui em casa, mas depois da segunda vez, o Gui se convenceu que as viagens ficaram bem mais legais e proveitosas assim.

Segue abaixo minhas dicas para como planejar sua viagem para Califórnia em 10 passos, baseada nas perguntas mais freqüentes que recebo por aqui.

1. Decida quantos dias vai durar sua viagem

Calendario-de-Feriados-2014

Vamos partir do principio que quanto mais dias melhor, mas a realidade as vezes não condiz com a nossa vontade. Se você tem até 5 dias de viagem, se restrinja a uma região  – San Francisco, Los Angeles, San Diego ou Las Vegas. Se você tem de 7 a 10 dias dá para combinar duas regiões próximas  – San Francisco e litoral até o Big Sur, Los Angeles e Las Vegas, San Diego e O.C., Los Angeles e O.C., Los Angeles e San Diego. Entre 10 e 15 dias dá para fazer uma boa parte da costa, como o trajeto de San Francisco a Los Angeles, mas eu ainda acho que fica apertado descer até San Diego. Com mais dias que isso dá pra conhecer de tudo um pouco e o trabalho vai ser só decidir quantos dias passar em cada lugar.

2. Compre as passagens de avião pensando no seu roteiro

c5d67936f53930b49da752f79fe2db2b

A California é um estado grande e quando você decide fazer uma viagem para lá tem que ter uma coisa em mente: não é como ir para Nova Iorque que você chega e vai embora pelo mesmo aeroporto. Se você pretende ir para SF, LA e LV e comprar passagens de ida e volta para LA, vai gastar bastante tempo e dinheiro tendo que “voltar” a cidade de origem. O ideal é chegar numa ponta do seu trajeto e ir embora pela cidade final. Se você pretende percorrer a HWY 1, a minha dica é chegar pela cidade mais ao norte -normalmente SF – e ir embora pela cidade mais ao sul – que de maneira geral é San Diego, mas vai depender do seu roteiro. Isso porque se você descer a costa, vai ter o Oceano Pacifico do seu lado na estrada e isso além de proporcionar uma melhor visão, facilita bastante na hora das paradas. Se você pretende ir também para Las Vegas, precisa decidir se vai fazer isso no começo ou no fim da viagem – não é muito inteligente sair da California, ir para Vegas – que diga-se de passagem fica em outro estado – e voltar para California de novo.

3. Decida quais cidades vai visitar e quantos dias vai passar em cada uma delas

slideshow_4

Agora que você já sabe quantos dias tem para viajar e por onde vai chegar e partir falta decidir quais cidades vai conhecer. É nesse ponto que entra o SEU planejamento, extremamente pessoal e único. Recebo muitas perguntas referentes a esse tópico e sempre dou a mesma resposta: “Essa decisão só cabe a você.” Porém não é uma decisão fácil. Primeiro você precisa pesquisar quais são essas cidades e o que há de interessante para se fazer em cada uma delas – eu tinha um caderninho divido por regiões (San Francisco e arredores, Monterrey e Carmel, Big Sur, Santa Barbara, Los Angeles, OC, San Diego e Las Vegas) aonde eu anotava cada informação interessante que eu achava. De modo geral, recomendo entre 3 e 5 dias para as cidades maiores – SF, LA, SD e LV – e o restante vai do interesse de cada um.

4. Conheça o mapa da Califórnia

d20ac227b9fb4ccbc09bac5568056bba

Você precisa conhecer o mapa da California para planejar com excelência a viagem – no próximo post vou dar dicas de como usar o Google Maps. Não tem como planejar uma Road Trip se você não sabe a localização dos lugares que deseja parar, ou quanto tempo demora para ir de uma cidade para outra. Passe umas duas horas olhando para o mapa que você vai ver como fica mais fácil. San Francisco, Half Moon Bay, Santa Cruz, Monterrey, Carmel, Big Sur, San Simeon, San Luis Obispo, Santa Barbara, Ventura, Morro Bay, Los Angeles, O.C. (Anaheim (Disney), Huntington Beach, Newport Beach, Laguna Beach, San Clemente (Trestles)), San Diego: essa é a ordem das cidades de norte a sul. Mas você precisa saber mais do que isso para montar o roteiro.

5. Reserve os hotéis

Unknown

Muitas pessoas me perguntam se reservamos nossos hotéis com antecedência ou se deixamos para decidir lá e fazer uma viagem mais livre. Ficamos com essa dúvida também e acabamos optando pela primeira opção. Acho que reservar os hotéis com antecedência garante opções com melhor custo beneficio, além da economia de tempo durante a viagem. E tempo na viagem é o nosso bem mais precioso. Quem já ouviu alguém falar “Dormir? Não, dormir em dólar é muito caro!” ? O mesmo fale para tomar decisões e procurar hotéis. Atualmente existem centenas de opções para efetuar as reservas: agencias on-line, o Trip Advisor com centenas de reviews, o Air BNB aonde você pode alugar quartos e apartamentos inteiros, além dos sites dos próprios hotéis – a melhor opção para finalizar suas reservas sempre que possível, já que contam com mais flexibilidade nos preços, datas e escolha do quarto.

6. Pesquise por restaurantes

Open-Table-for-iPad-on-mevvy.com_

Como disse em um dos tópicos acima, criei um caderno, dividido por regiões, aonde eu anotava todas as informações bacanas que conseguia, e isso incluía os restaurantes. Depois que você já sabe a região que irá se hospedar é legal pesquisar por restaurantes próximos. Seu hotel serve Café da manhã? Se não, procure opções pela região. Anote opções de almoço próximo aos pontos que você pretende visitar e também restaurantes bacanas para o jantar. É sempre bom já ter essas cartas na manga na hora de decidir aonde ir. Se quer visitar restaurantes concorridos, baixe o app do Open Table no celular e se programe para fazer a reserva com pelo menos um dia de antecedência, assim você não amarra sua programação.

 

7. Faça uma lista com os pontos de interesse e passeios

images-2

Nessa fase do planejamento você já tem quase tudo decidido e chegou a hora de curtir. Pesquise os lugares que você gostaria de visitar e reserve os passeios mais concorridos – como shows em Las Vegas e o tour de Alcatraz em SF. Veja quais os possíveis Outlets a serem visitados e imprima os cupons de descontos disponíveis nos sites. Monte seu roteiro dia a dia e tenha em mente que não é preciso segui-lo minuciosamente durante a viagem, mas é muito bom acordar e já ter idéia do que fazer. Lembre-se de agrupar os passeios por região: se você vai para o bairro x, tente fazer o que há por lá de uma só vez.

6ab0d86550e12c445dfd73d3f6566e8b

8. Decida como você vai se locomover por cada cidade

060308-220.

Em San Francisco por exemplo, não vale a pena alugar um carro, pois o transporte público é excelente e os estacionamentos muito caros. Em Los Angeles, é praticamente impossível ficar sem carro. Depois de pesquisar e decidir quais serão suas opções reserve o carro e os shuttles.

9. Pesquise os itinerários e trajetos

Depois de decidir como se locomover em cada cidade é hora pesquisar os itinerários e trajetos. Se a opção for transporte público, pesquise se é melhor ir de ônibus, metro, taxi. Anote cada informação como o ponto, a linha e o tempo de viagem estimado. No caso de aluguel de carro, fique mais tranqüilo, já que o GPS vai fazer o trabalho. Porém, de uma olhada no trajeto, tempo de viagem e no caso das viagens mais longas, como a da costa, qual a melhor opção de trajeto. Se você quer ir de San Francisco direto pra Santa Barbara por exemplo e colocar isso no GPS, ele ira te mostrar o caminho pela I-5, e você vai perder todo o Big Sur e as paissagens lindas das praias. Você tem que armar uma estratégia para “enganar”seu GPS e fazer o trajeto que você quer e é mais interessante.


View Destino California in a larger map

10. Monte o seu próprio Guia

tumblr_m2wlqgWRpA1r2fceho1_500

Com todas as informações já coletadas, monte um livrinho com o seu roteiro final. Nele coloque informações dos vôos, reservas de hotéis e alugueis de carro. Monte o roteiro dia a dia, separe os pontos de interesse e restaurantes por cidade ou região. Anote as opções de itinerários do transporte público para cada lugar e dicas de como programar o GPS para cada trajeto. Imprima seu guia num formato reduzido, de maneira que fique fácil você carrega-lo pra cima e pra baixo, anexe os cupons de descontos e vouchers a ele.

BOA PLANEJAMENTO e BOA VIAGEM!

1c43e4331df0db5cd90efe92a548d38f

Os 25 melhores Apps para quem vai viajar para a Califórnia

Todo mundo já está acostumado a usar os aplicativos para facilitar tarefas simples do dia-a-dia. Mas quando viajamos esquecemos que a tecnologia pode tornar mais simples algumas coisas que fora do nosso país não são tão simples assim.

Fizemos uma seleção de alguns apps que vão ajudar você a tornar sua viagem para a Califórnia ainda mais gostosa. A maioria deles é para Iphone – já que esse é o meu aparelho – mas muitos funcionam também para Android.

Outra dica bacana quando se trata de app é que alguns estão disponíveis somente na Apple Store USA e por isso é bom fazer um login da Apple americana para ter acesso a eles.

1. Tripadvisor City Guides – GRÁTIS –  São mais de 80 cidades disponíveis, entre elas Las Vegas, San Diego e San Francisco. A maior vantagem é que você baixa o Guia que escolher e depois tem acesso a todas as informações – dicas de restaurantes, atrações e hotéis com reviews, mapas e fotos –  mesmo off line. Como eu sempre consulto as opniões no site, acho esse app ótimo tanto para planejar, quanto para resolver algo de última hora.

App Trip Advisor

2. Rove  Diary – GRÁTIS – Se você é daqueles que nunca lembra o que fez nas viagens esse é o app certo pra você. É só deixar o GPS ligado que o Rove memoriza os pontos que você visitou e liga as fotos aos lugares e datas. Você pode ainda adicionar notas e compartilhar as informações nas redes sociais.  E você fica aí se perguntando como que a Caru lembra tudo com tantos detalhes né?

app rove

3. Waze – GRÁTIS – Velho conhecido dos moradores das metropoles brasileiras, o Waze funciona como um GPS mais inteligente, que dá alternativas de rotas para fugir do trânsito. Você sabia que ele funciona no mundo todo? Então pode consultar o Waze na Califa também.

Waze

4. Maps With Me – GRÁTIS – Quem nunca ficou desesperado em perder a conexão com a internet e ficar perdido em meio a uma cidade completamente desconhecida? Esse app permite que você baixe mapas do mundo todo e utilize-os offline. Ele não dá o trajeto, mas mostra a sua localização através do GPS.

maps with me

5. Taxi Magic – GRÁTIS – Funciona mais ou menos como os já conhecidos por aqui Easy Taxi e Taxi Beat. Você pede o taxi, indica o destino, acompanha o trajeto pelo GPS e ainda pode fazer o pagamento com o cartão de crédito direto pelo celular! Disponível para mais de 60 cidades nos EUA e alguns lugares do México e Canadá.

taxi magic

6. Routesy Free Bay Area – GRÁTIS – Funciona para o Muni e Bart da cidade de San Francisco. É só indicar a linha que ele dirá qual o ponto mais próximo, tempo de espera e horário de chegada do próximo veículo.

Routesy

7. Around Me – GRÁTIS –  Identifica sua posição rapidamente e permite que você escolha o Banco, o Bar, Posto de Gasolina, Hospital, Hotel, Cinema, Restaurante, Supermercado, Teatro ou Ponto de Táxi mais próximos.  Mostra uma lista completa de todos comércios na categoria que em que você tocou junto com a distância de onde você está.

Around me

8. Gas Buddy – GRÁTIS – Com esse app você localiza os postos mais próximos e compara o preço da gasolina. Muito útil para quem vai fazer a Road Trip pela costa.

Gas Buddy

9. Cheap Eats in San Francisco – GRÁTIS –  Reúne restaurantes de San Francisco com preços acessíveis divididos por categoria e tipo de cozinha, listando os que estão próximos a você. Mostra comentários de outros usuários, fotos, menu e preços.

cheap eats

10. Trux Map – GRÁTIS – Funciona para 34 cidades americanas (entre elas Los Angeles, Las Vegas, Santa Barbara, San Diego, San Francisco e Sacramento). Mostra o mapa das redondezas com a localização e o horário de funcionamento dos Food Trucks – a nova moda gastronômica nos EUA. Você vai encontrar também reviews, fotos dos pratos e o trajeto para chegar até os caminhões.

Food Truck

11. Open Table – GRÁTIS – Indispensável para quem pretende visitar um restaurante concorrido, o site de reservas on line tem a versão em aplicativo. A vantagem é que ele utiliza a localização para indicar restaurantes próximos com mesas disponíveis.

pageopen table

12. Domino’s USA – GRÁTIS – Com versão em Inglês e Espanhol, o app da Domino’s Pizza salva qualquer pessoa naquele dia em que você chega acabado no hotel e não tem forças nem para fazer uma ligação telefônica. Monte e faça seu pedido para retirada ou delivery de forma fácil e interativa. Depois é só se deliciar.

Dominos USA

13. Yelp – GRÁTIS – O já conhecido site traz um ótimo app que reúne todas as informações aliadas a localização e busca pelo GPS. Através dele é fácil descobrir restaurantes e bares próximos. Cada lista vem com fotos, numero de telefone, endereço e reviews de clientes. Você pode ainda adicionar suas próprias fotos e fazer sua avaliação.

pageyelp

14. EveryTrail Pro – 3,99 – Ideal para quem pretende fazer caminhas e trilhas o app permite que você procure por trajetos próximos a sua localização ou baixe tours por cidades como San Francisco e Los Angeles.

every trail

15. Chef’s Fedd – GRÁTIS –  Quer saber aonde os chefs mais famosos do mundo fazem suas refeições? O app indica quais restaurantes indicados por chefs como Wolfgang Puck estão próximos a você e mostra as opiniões e fotos.

pagechefs

16. Tipulator – GRÁTIS –  Ótimo para quem sempre fica confuso na hora de pagar a gorjeta, o app faz o calculo das taxas, tips e ainda divide pelo número de pessoas. Nâo tem mais desculpa para não pagar a caixinha que é tão comum por lá e que os brasileiros insistem em não entender!

pagetip

17. Postale – $1,99 – O aplicativo permite que você produza seu próprio cartão postal, com foto, selo e mensagem personalizada. Pode ser enviado por e-mail, facebook ou Twitter. Ótimo jeito de surpreender alguém que a gente ama né?

pagepostale

18. San Francisco Travel and Photo Guide – GRÁTIS –  O app indica quais os lugares para conseguir os melhores ângulos fotográficos da cidade mais fotogênica da América. Divide os pontos por categorias interessantes como “As 10 Top fotos”, “Luz Baixa”, “Natureza” e “Pontos Turísticos”.pagesftravel

19. California Photo Scout – $6,99 – Lista os melhores pontos de norte a sul da California para se fotografar. Indica o local, melhor hora para fotografar, equipamento ideal, lentes e até se é necessário repelente para mosquitos. Atualização: O App foi retirado do ar, mas todas as informações estão disponíveis no site http://ca.myphotoscout.com.

pagecali

20. CalParks – GRÁTIS – O App official da  California State Parks Foundation’s , com mapas das trilhas, pontos de interesse e fotos.

pagecalparks

21. Right Size – $1,99 – O aplicativo Right Size converte os tamanhos das roupas e sapatos para o padrão brasileiro e ainda armazena as informações de amigos e parentes.

pagerightsize

22. Outlet Finder – $1,99 – Todos os outlets dos Eua reunidos com lista de lojas e outras informações utéis.

outlets

23. Surfline – GRÁTIS –  O app official do site Surfline traz previsões e cameras ao vivo de mais de 140 picos nos EUA e Havai.

surfline

24. Shralp Tide  – GRÁTIS – Cheque a maré antes de ir surfar em Trestles, ir explorar as Low Tide Pools da Fitzgerald Marine Reserve, ou caminhar até Black’s Beach pelas pedras. Não é necessária conexão com a internet.

pagetide

25. California Surf Way – $3,99 – Não sabe as condições climáticas? Primeira vez em um lugar e não faz idéia dos melhores picos para surfar? Ou não quer perder tempo pensando em qual o point mais perto de você? Esse app resolve todos esse problemas. Além disso ele ainda informa qual dos 200 picos ao longo da costa californiana está mais perto de você  e apresenta as melhores condições do dia, a direção do swell e as condições do vento. Eu não testei, mas se esse app fizer tudo isso mesmo, ele é indispensável para quem quer surfar!!

California Surf Way