Kitesurf: a gente quer velejar também! – A escolha do pico

Esse post dá início a uma nova vertente do Destino Califórnia, a aba “Outros Destinos”, que vai reunir dicas e relatos sobre outras viagens que fizemos, sempre envolvendo esportes radicais e natureza.

Vamos estreá-la com uma viagem que fizemos em julho de 2013, para o Nordeste do Brasil.  O principal objetivo da viagem era aprender um novo esporte, o Kitesurf.

Para quem não sabe, nós moramos a cinco anos em Ilhabela, no litoral norte de São Paulo. Conhecida como capital da vela, a Ilha costuma receber ventos e o canal que a separa de São Sebastião fica todo colorido, repleto de veleiros e mais recentemente, de Kitesurfs.

O canal de Ilhabela em dia de vento leste. Foto: O Rei da Ilha

O canal de Ilhabela em dia de vento leste. Foto: O Rei da Ilha

O esporte surgiu a pouquíssimo tempo, mas sua popularidade vem crescendo desde então. Aqui na Ilha, já virou uma febre, e a gente ficava babando vendo toda aquela galera se divertindo na água – vale lembrar que aqui não tem onda e o vento é uma das únicas alternativas para prática de um esporte aquático mais radical.

Mas aí você me pergunta: se venta aí onde vocês moram, porque fazer uma viagem para aprender a praticar o esporte?

Porque aprender a velejar de Kite não é uma tarefa das mais fáceis e as condições aqui da Ilha não são ideais para iniciantes. O vento não é tão constante, a correnteza do mar é forte e o canal é fundo, o que faz necessário um bote de apoio para evitar maiores perrengues.

Nossos amigos, praticantes do esporte, costumam viajar ao menos uma vez por ano, normalmente para o Nordeste, em busca de condições clássicas e velejo por dias seguidos – algo raro por aqui.

Decidimos então embarcar em uma dessas viagens. Queríamos um destino que proporciona-se diversão para os mais experientes e boas condições para quem fosse aprender. Cogitamos João Pessoa, Canoa Quebrada, Cumbuco… no fim acabamos escolhendo Taíba, uma cidadezinha do litoral cearense que fica a cerca de uma hora de carro de Fortaleza.

Taiba visão geral

Em sete pessoas – quatro velejadores experientes, dois iniciantes e uma grávida – mais três amigos que iriam nos encontrar apenas no fim de semana, fechamos a viagem. Uma semana no paraíso do Kitesurf.

No próximo post : mais sobre a praia de Taíba e como a gente fez pra chegar até lá.

*As fotos desse post não são de autoria do blog. Se você detém os direitos de alguma das imagens e quiser que a mesma seja retirada ou creditada, por favor, contate-nos.

2 ideias sobre “Kitesurf: a gente quer velejar também! – A escolha do pico

  1. Eu adoro o blog de vocês que já li todos os posts! rs Eu e meu namorado também temos um blog e contamos algumas das nossas experiências pela a Europa, e agora se tudo der certo iremos à Califórnia, e graças a ajuda de vocês, irei me basear no roteiro do destino california! Continuem com o blog, beijos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>