Venice Beach – Nossa experiência

venice 2

Venice Beach fica cerca de 5 minutos de carro ao sul de Santa Monica. O bairro é  uma das partes mais loucas e curiosas de Los Angeles e tem grande importância na história do Surf e principalmente do Skate – vou fazer um post sobre isso depois.

Venice: ao sul de Santa Mônica.

Venice: ao sul de Santa Mônica.

Palmeiras em Venice!

Palmeiras em Venice!

Por do sol....

Por do sol….

Tivemos bastante dificuldade para estacionar o carro por lá: a maioria dos parkimetros permite estacionar por no máximo uma hora e não achávamos lugar para ficar mais que isso. O jeito foi parar em uma dessas vagas mesmo – na Windward Ave, a pricipal entrada da praia – e se programar pra trocar o carro de lugar dali uma hora! 


Exibir mapa ampliado

Começamos nosso passeio por um dos meus maiores desejos: patinar pela orla de Venice. Vi isso em tantos filmes e seriados que não ia ser feliz se passasse pela Califórnia sem essa.

Alugamos meus patins em uma lojinha na esquina da Windward Ave, um quarteirão antes da praia. Eles tinham também bicicletas, skates, bodyboarsd, sups e pranchas. O aluguel do patins por uma hora saiu $6.

Patins, skates, sups e pranchas!

Patins, bikes, skates, sups e pranchas!

 
View Larger Map

Eu de patins e o Gui de skate – que ele comprou em Sta Cruz – seguimos sentido sul pela ciclovia até o píer. Voltamos, devolvemos os patins e trocamos o carro de lugar.

A ciclovia vista de cima:


Exibir mapa ampliado

Patins

O inicio do trajeto, bem cheio!

Patins

Chegando no pier tudo fica mais tranquilo.

Descobrimos que o barato de Venice está em circular e ir se surpeendendo com as coisas que vão aparecendo na sua frente. Existe todo tipo de gente, todo mesmo: são hare krishnas, mexicanos, musculosos, tatuados, rappers, rasta faris, skatistas, surfistas, hippies… Até um tal de Doctor Marijuana encontramos.

Crazy people

A diversidade do povo de Venice!

crazy peolpe

Hare Krishnas, roqueiros e até um Papai Noel.

Marijuana

A maconha é legalizada para uso medicinal na Califórnia e pela orla encontramos vários “médicos” querendo nos examinar para verificar se tinhamos problemas como insônia, ansiedade, ou qualquer outra coisa que nos desse um atestado para comprar a droga legalmente!rs

Fazendo um alerta: andando pela orla passamos por uma situação desagradável. Um cara parou a gente e começou a falar sobre o seu trabalho, disse que era jogador de basquete e rapper e que estava promovendo seu CD. Pergunto o nome do Guilherme e da onde ele era, sacou um Cd do bolso, autografou colocando o nome do Gui e do país e disse que custava $15. O Gui disse que não queria o Cd e que não havia pedido para ele autografar. O cara começou a fingir estar muito bravo, queria nos obrigar a comprar e ficou nos ameaçando. Veio atrás de nós por um bom tempo e começou a gritar dizendo que ia juntar uma galera para bater na gente. Percebemos que era um golpe e que essa prática não agradava muito os outros comerciantes, visto que ninguém dava bola pra ele. Eu morri de medo e serviu para aprendermos a não falar com estranhos! É sempre bom estar atento.

Há também muitos artistas fazendo performances das mais variadas – procure no YouTube e você vai ver.

Gostamos muito da apresentação que vimos do Style proz Crew, seis caras de Chicago que dançam, cantam e fazem piadas com o público – eles participaram da quinta temporada do reality show America’s Got Talent em 2010.

Spspsps

Style Proz Crew: super divertidos.

Você também vai encontrar muitos graffitis por toda a área que traduzem o espírito underground e urbano da praia.

grafitti

Grafittis de Venice.

Mas, pelo menos para nós, o ponto alto da praia é o Venice Beach Skate Park, uma das pistas de skate mais legais do mundo – vou fazer um post só sobre ela depois. Perdemos mais de uma hora só olhando a galera andar.

Venice Skate Park.

Venice Skate Park.

 

Venice tem também um shopping a céu aberto, aonde vc pode encontar presentes ecléticos e cools. O Abbot Kinney Boulevard  fica atrás da rua da praia, mas nós não tivemos pique pra ir até ele. 


Exibir mapa ampliado

Pra fechar o post, esse clipe do Red Hot Chilli Peppers foi gravado de surpresa na praia – alguns dias antes da nossa passagem (droga!). Os caras simplesmente começaram a tocar no alto de um dos prédios e surpreenderam a galera que estava por ali.

http://youtu.be/RtBbinpK5XI 

No próximo post vamos contar um pouco da história de Venice e da importância do lugar para o Skate e o Surf.

Depois ainda tem mais um post pra falar só sobre o Venice Beach Skate Park

19 ideias sobre “Venice Beach – Nossa experiência

  1. Muito, muito legal o jeito como escreve e as super dicas, fotos…
    Vou pra lá em setembro com meu marido (que também é da tribo do surf) e estamos devorando os post…tipo novela sabe?? kkkk
    Bjos, estamos esperando!!

  2. Noooossa, até que enfim vcs aparecerão! rs Estava aguardando ansiosa pelo próximo post! Entrava todo dia no blog pra ver se tinha algo! hahahaha Não podem sumir assim não pessoal! 😉
    Viva a diversidade! Adorei Venice, já tinha lido muito mal desta praia em vários blogs, as pessoas não curtem e não entendem essa mistureba de tribos e estilos, mas eu gosto, acho sensacional essa coisa multicultural, mas de fato, não deve ser um ambiente muito familiar, como eu já li alguns comentários por aí!

    • Mabili, sumimos porque estavamos trocando o blog de servidor, e isso deu um certo trabalhinho!rs
      Venice é sim um lugar bacana, tem uns doidos, mas nada de mais. Dá pra ir passear tranquilamente pela praia durante o dia. No planejamento da viagem eu considerei me hospedar em um hotel na beira da praia, mas como o acesso era feito a pé, não me senti segura para transitar por ali de noite. Sempre é bom prevenir!!!
      Beijos

      • Oi Caru! Entendii! Eu percebi que está mais simples para postar comentários agora! Quando eu comecei a ler os posts do blog, desde o primeiro post, eu sempre queria comentar e nunca dava pq eu não tinha conta da wordpress, mas eu fiz uma só pra comentar o blog de vcs! =D A vantagem em liberar os coments é que vcs podem receber mais coments agora né! É, pra andar a noite deve ser meio trash mesmo, mas as fotos estão lindas Caru, parabéns! Bjo

        • É, agora ficou mais fácil mesmo! O servidor próprio tem muitas possibilidades!
          Obrigada por nos acompanhar, pessoas que nem vc são o estímulo para estarmos aqui!! 😉

    • Carlos, todas aquelas estruturas de concreto grafitadas ( é isso que são as “chaminés”?) faziam parte do “Venice Pavilion”, contruído em 1961 e demolido em 1985. A partir de 2000 essas estruturas passaram a ser parte do “Graffit Pit”, area onde artistas são incetivados a grafitar!

  3. Boa tarde, sem carro e hospedada em santa monica eu consigo chegar no skate park de bicicleta tranquilamente ? pode indicar um local pra eu alugar uma casa por 25 dias ? quero ficar num lugar onde eu nao precise de carro. e fique perto da praia

    • Jessica, acho que Santa Monica é o melhor lugar para ficar sem carro! Você consegue sim chegar a Venice de Bike e a outros pontos próximos. Mas para ir a outros bairros mais distantes – como Hollywood por exemplo – vai precisar pegar transporte público!
      Boa sorte!

  4. Olá, eu e meu namorado estamos querendo muito passar 10 dias em Venice Beach Los angeles e queríamos saber quanto mais ou menos iriamos gastar incluindo hotéis e passeios?

    Obrigada

    • CAmila, isso é totalmente relativo. Depende do nível do hotel, se irão alugar carro oi não, quais passeios irão fazer e em que restaurantes irão comer. Faça um pré planejamento e tente calcular.

      Boa sorte!

  5. desejo algumas dicas sobre hostels,inclusive o venice beach hostel,pois pretendo ir de muchileiro.e também a escola de cinema deles se fica muito longe da praia que estou adorando nas fotos e até esqueci dos tubarões,fale um pouco do boardwalk,calçadão deles que eu amei.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>