Rincon e suas direitas perfeitas: só faltou o swell entrar

Todo surfista conhece Rincon e sonha com as direitas perfeitamente longas do pico. A gente não é diferente, e apesar de já ter pisado nas areias da praia, continuamos com o mesmo sonho. Quem acompanha o blog sabe que não demos sorte e pegamos a grande maioria dos picos bem flats.  Em Rincon não foi diferente.

Apesar de sabermos de falta de swell acordamos na segunda e decidimos ir até lá só para dar uma espiadinha.

Imagem 003

page1

page

E quer saber? Deu mais vontade ainda de um dia ver a perfeição das ondas se formando alinhadas na água e quebrando quase que sincronizadamente em direção a areia. Quem sabe um dia…

O sonho de ver Rincon quebrando assim continua!

A perfeição das direitas é impressionante.

Pra quem tem interesse em saber mais sobre o pico, traduzi as informações do Surfline sobre Rincon.

Sobre Rincon Texto original http://www.surfline.com/surf-report/rincon-southern-california_4197/travel/.

Alguns picos servem como prova inquestionável que o nosso Criador era surfista. Rincon, o famoso pointbreak em formato de meia lua próximo a fronteira ao norte de Ventura, é um deles. Enquanto os points próximos de Santa Barbara são continuamente atingidos por Channel Island e por Point Conception, Rincon recebe apenas o fim da maioria dos swells de inverno.

Só demora uma onda completa para perceber por que Rincon é considerado o melhor pointbreak de direita da Califórnia. Se você conseguir entrar na onda no “Indicator”, correr até a seção que corre pela boca de “Rincon Creek”, conectar até a enseada e cavar até a Freeway (uma distância total de 300m), você terá completado o “Iditarod” do surf em pointbreak.

A localização de Rincon – no meio do caminho entre Santa Barbara e Ventura – e o seu acesso – uma pequena caminhada do estacionamento e um ótimo lugar para dar um check enquanto você passa pela freeway -ajuda ele a ser um dos picos mais crowds no inverno do sul da Califórnia  Não é incomum ver mais de 150 maniacos vindos de longe – de Lompoc ao norte, a Valencia no sul – buscando por algum swell em uma manhã cheia.

Deixando o crowd de lado, Rincon é longo, às vezes uma onda com várias seções que tende a distribuir a fartura.  Ao menos que Tom Curren esteja na água Rincon é democrático. Quando todas as seções estão funcionando – o que acontece com qualquer sweel de inverno de 3 pés – existem 3 picos principais:

THE COVE: A jóia da coroa da rainha na costa. Quanto mais de oeste estiver o sweel, melhor. Quanto mais areado, melhor. Uma seção perfeita que começa na metade do caminho  das pedras alinhadas na Hwy 101. Foi aqui que Curren evoluiu de Menino-maravilha a Super-Homem alguns invernos atrás. Todos querem um pedaço do The Cove, que, é claro, faz dele frustrantemente crowdeado.  A não ser que você esteja lá em julho, durante um vento de sul ou na patrulha da lua cheia, você nunca terá o The Cove só pra você.

THE INDICATOR: Aonde os Big Boys surfam. The Indicator é aonde os homens pegam seus longboards, sentam lá fora no pico e tentam ir longe. Uma área popular e mais livre quando o The Cove está lotado de longs. Apesar de ser uma onda de extrema qualidade, é a mais lenta do trio.

THE RIVERMOUTH: Uma imprevisível, as vezes poluída, as vezes ultra-cavada seção que liga o Indicator ao The Cove. Durante um swell típico, um pouco mais da metade das ondas que quebram aqui acabam fechando. Mas é um bom lugar para tentar se achar quando as outras opções já estão tomadas por 200 de seus amigos mais próximos.  A área teve problemas crônicos com poluição durante anos, mas organizações como a Clean Up Ricon Effluent (CURE) tiveram progresso em achar os culpados – os tanques sépticos conectados a 72 casas do lugar – e limparam a bagunça de uma vez por todas.

Mais Detalhes:

Melhor Maré: Baixa
Melhor direção do swell: Oeste, Sudoeste, e Noroeste com períodos menores do que 15 segundos
Melhor tamanho: 1 a 2 metros
Melhor Vento: Nordeste
Tamanho perfeito:10 (1=Lake Erie; 10=Jeffreys Bay)
Fundo: Paralelepipedos
Nível de habilidade: Intermediário a avançado
Traga seu: Pranchinha, longboard
Melhor época: Outono, inverno
Acesso: Fácil, estacione no sul ou no norte de graça
Fator Crowd: Pesado
Vibe Local: Normalmente tranquilo, as vezes moderado
Queimação do Bíceps: 7 (1=1ft Waikiki; 10=15ft Ocean Beach)
Patrulha do Esgoto: 6 ou pior (1=limpo; 10=cocos boiando)
Perigos: O crowd, drops e longboards

 

 

* Algumas das fotos desse post não são de autoria do blog. Se você detém os direitos de alguma das imagens e quiser que a mesma seja retirada ou creditada, por favor contate-nos.

 

 

2 ideias sobre “Rincon e suas direitas perfeitas: só faltou o swell entrar

  1. Pingback: Roteiro Resumido Santa Barbara | destino california

  2. Pingback: Points de Surf em Santa Bárbara | destino california

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>