Dia 2 em SB: Jalama Camp Ground

Era um sábado e acordamos cedo para irmos a um dos lugares preferidos pra surfar do Thiago na região: o Jalama Camp Ground. É ali que quando Rincon está flat ele vai com os amigos em busca de ondas.  O lugar fica a cerca de uma hora e quinze minutos ao norte de Santa Barbara, na cidade de Lompoc.

De SB a Jalama: 62 milhas de viagem.

Na Hwy One há placas que indicam a entrada para a Jalama Road, estrada que dá acesso ao Campground. A estradinha é bonita e segundo o Thiago ele sempre encontra animais silvestres pelo caminho.

Nós demos sorte e encontramos esse veadinho na Jalama Road.

Antes de chegar na praia você vai se deparar com uma portaria e lá você paga um Day Use de $8. Isso porque a praia fica dentro de um Campground aonde há áreas para churrasco, duchas e lanchonete. Se você quiser também pode acampar, passar a noite no seu motor home ou alugar um dos chalés com vista para a praia.

Essa foi a primeira praia em que vimos uma das estações de trem da linha Amtrak Pacific Surfline, que pecorre a costa da Califórnia e com certeza vai ter um post, que estou muito ansiosa para escrever, aqui.

Acima os chalés, a área para camping e alguns Motorhomes. Na foto de baixo o trem passando por dentro do campground.

As ondas não estavam das melhores, mas deu pra brincar. Vimos golfinhos, leões marinhos e lontras. A água é cheia de algas e a beira do mar cheia de pedaços de petróleo que grudam no pé e não saem nunca mais – aviso do Thiago e experiência própria do Gui que não olhou pro chão.

As ondas estavam pequenas, mas valeu a brincadeira.

Pássaros e golfinhos completam a paisagem.

Indo em direção as ondas.

O mar é repleto de algas (argh!).

Mas a paisagem é linda.

Essas ondas costumam rolar em Jalama, mas pra variar o swell não estava com a gente.

Depois do surf a melhor coisa é sempre comer. E muito! Por isso a “Jalama Beach Store and Grill” foi a nossa próxima parada. Comemos o  “Famous Jalama Burger” acompanhado de fritas.

A Jalama Store e seu famoso hamburguer. O Thiago é esse da esquerda!

O mural na loja.

Voltamos pra casa satisfeitos. O dia foi incrível! Valeu Thi!

Apesar das merrequinhas de Jalama, o Gui voltou de lá com um prejuízo. Enfiou a quilha da prancha na areia, ficou sem ela e ainda arrancou fora o copinho. No próximo post a gente vai contar aonde levar a sua prancha se isso acontecer!

* Algumas das fotos desse post não são de autoria do blog. Se você detém os direitos de alguma das imagens e quiser que a mesma seja retirada ou creditada, por favor contate-nos.

4 ideias sobre “Dia 2 em SB: Jalama Camp Ground

  1. Pingback: E se a prancha quebrar? | destino california

  2. Pingback: Dia 2 em SB: La Super Rica Taqueria | destino california

  3. Pingback: Roteiro Resumido Santa Barbara | destino california

  4. Pingback: Points de Surf em Santa Bárbara | destino california

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>