As outras possibilidades do Big Sur: Praias – Parte II

Continuando na direção sul pelo Big Sur vindo de Carmel, temos mais TRÊS praias que podem valer a visita:

Sand Dollar Beach – o acesso é fácil e da estrada você consegue ver o estacionamento. A placa “Los Padres NaTional Forecast – Picnic and Beach Area – Sand Dollar” indica a entrada.


Ver mapa maior

O estacionamento custa $5 e a área conta com banheiros e lugares para fazer picnic, alguns inclusive com churrasqueira e vista pro mar. Todas as trilhas saem do lado oeste da área de estacionamento. A trilha até a praia é curta e termina em uma escada que na ida não deve ser grande coisa, mas deve cansar na volta depois de um dia de Surf. Isso por que rolam umas ondinhas na praia mais longa do Big Sur. Do lado norte, direitas rápidas e cavadas e do lado sul esquerdas mais longas e gordas. Mas como em toda a região, a correnteza é forte e tubarões são vistos de tempos em tempos.

A praia é linda e tem esse nome por causa das bolachas do mar que estão sempre pela areia.

Jade Cove: Há duas opções de trilha para chegar a enseada. A primeira e mais longa fica ao norte e vai proporcionar lindas vistas da Plaskett Rock. A segunda e mais curta, a uma milha pro lado sul,  te leva direto até a praia.


Ver mapa maior

Qualquer que seja sua escolha, antes de pensar em descer até lá tenha certeza que tem um bom tênis para a empreitada. A descida é tranqüila, mas pode ficar perigosa se você escorregar. Leve só o que você realmente vai precisar, para poder ajudar com as mãos. Chegando lá, a brincadeira é de Caça ao Tesouro, e ganha quem achar a maior jade. Esse site tem dicas – em inglês – de como achar a pedra: Jade Hunt. (Atualizando: está fora do ar)

A entrada e as vistas da trilha mais longa.

A praia e as instruções para coletar a pedra.

Willow Creek: O acesso a praia é fácil e não tem como não ver as placas e o vista point.

Ver mapa maior

 

As ondas de Willow Creek.

É um dos melhores picos do Big Sur para o Surf e por isso o mais crowd e aonde os locais vão pegar mais no seu pé. O vídeo mostra o que pode rolar por ali.

O próximo post vai ser o último sobre o Big Sur e vamos falar das trilhas e do Point Sur Light Station.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>