SÃO PAULO/ RIO DE JANEIRO/ HOUSTON/ SAN FRANCISCO

Nós pegamos nossas passagens por milhas na TAM. Se você for fazer isso e não quiser ter dificuldades, faça com bastante antecedência. Nós solicitamos as passagens quatro meses antes e somente graças a uma paciente atendente conseguimos as duas passagens na classe econômica, mas não em vôos diretos.

Na ida fizemos a maratona São Paulo/ Rio de Janeiro/ Houston/ San Francisco. Demoramos cerca de 24 horas para chegar ao nosso destino final. Mas sem problemas, na ida a disposição está no nível máximo e isso não importou muito.

Disposição do Gui na ida! (imaginem na volta...)

A TAM não cobra taxas extras pelas pranchas, contanto que elas estejam dentro da franquia da bagagem (dois volumes de 32kg por passageiro). Sendo assim conseguimos despachar tudo sem maiores problemas. Nossa dúvida era com relação às conexões que iríamos fazer, por que elas seriam com outras companhias (Continental e United) que não adotam a mesma política. Mas como a bagagem foi direto, as pranchas chegaram em SF inteiras e sem que precisássemos por a mão no bolso!

Depois de fazermos a conexão no Rio, chegamos a Houston as 5 da manhã de uma terça-feira. A fila na imigração estava simplesmente gigantesca e demoramos cerca de 2 horas para passar. Ainda bem que tínhamos quatro horas entre os vôos, por que o vôo que saiu do Rio de Janeiro atrasou cerca de uma hora, nos deixando com apenas uma hora de folga. Apesar da demora na imigração, o aeroporto de Houston é ótimo. Tem várias opções de restaurantes, lojinhas e trens que ligam os terminais. Passageiros idosos podem inclusive pegar carona em carrinhos dirigidos por simpáticas e escandalosas senhoras – que não param de gritar “Get off  of my way!” – para circular.

No Rj, atraso de uma hora no Vôo devido à névoa.

Preparados para uma longa viagem!

Is Texas, baby!

Ruby's Dinner - Direto de Huntington Beach

Breakfast: sanduiche de peito de peru, pepper jack e mayo. Era o mais saudável que tinha!

Trem entre os terminais.

Finalmente!

O vôo para SF saiu pontualmente e se você algum dia for fazer esse trajeto recomendamos imensamente que seja sentado na janelinha. (Nós marcamos os assentos pela internet, mas não tínhamos conseguido janela. Conseguimos trocar no guichê da United no aeroporto de Guarulhos pessoalmente.) O trajeto entre o Texas e a Califórnia é feito por cima do deserto, passa pelo Vale da Morte e a paisagem é simplesmente maravilhosa. Tem horas que você não sabe o que é céu ou terra, água ou ar. Mesmo muito cansada, eu não preguei o olho um minuto. Ver a paisagem se transformando, o deserto deixando de existir, dando lugar a grandes lagos e cidades é muito legal! Infelizmente, chegando em SF, o fog característico tomou conta da paisagem e não conseguimos enxergar mais nada.

Trajeto entre Houstoun e São Francisco

Transição da paisagem entre o Texas e Califórnia!

Próximo post: Chegando em São Francisco

4 ideias sobre “SÃO PAULO/ RIO DE JANEIRO/ HOUSTON/ SAN FRANCISCO

  1. Caru! Eu voltei neste post para perguntar sobre os vôos! Eu tenho procurado minhas passagens e são sempre vôos cheios de escala! Eu achei vôo com 1 escala pela aeromexico, porém nunca voei por eles nem conheço alguém que voou, vcs já voaram? Recomendam? Aeromexico tbm é a mais em conta que eu achei! Outra opção entre as menos caras foi a United e a Continental, vocês gostaram de voar com elas? Recomendam? Para a volta tbm achei vôos cheios de escala, mas têm 1 da American Airlines que é mais rápido, só que o tempo de espera entre um vôo e outro é de 1h e 15 min, vcs acham apertado? Seria melhor pegar um vôo mais cedo com o tempo de conexão acima de 2 hrs para ter uma certa tranquilidade? Vou no mês de junho, lá será verão mas aqui pra nós é inverno, pode ser que o tempo atrapalhe um pouco né…?! BeeeijOs e obrigada!

    • Mabili, como são vária perguntas, vou responder por tópicos tá?
      – Não existem vôos diretos para San Francisco, pelo menos eu nunca vi! Você sempre vai ter que fazer pelo menos uma escala em alguma cidade dos Eua.
      – Nunca voei de Aeroméxico e nunca ouvi comentários sobre eles.
      – Eu gostei bastante dos aviões da Continental. Só os aviões dos vôos domésticos que eram um pouco piores, sem Tv e etc!
      -Quanto a questão da escala eu não sei, depende da onde ela é feita… Vc vai ter que passar pela imigração? Vai ter que pegar suas malas ou elas já serão encaminhadas direto? O melhor é vc ligar pra cia e verificar.
      – É díficil o tempo atrapalhar os Vôos aqui no Brasil, mas pode acontecer. Como eu falei no post, o nosso vôo do Rio de Janeiro pra Huston atrasou quase uma hora por causa da chuva. Mas isso pode acontecer em qualquer época, não tem como prever!
      Beijoss

  2. Também consegui minhas passagens com milhagem da TAM, fui com a US Airways, num vôo com saída na sexta 08:30 /conexão na Carolina do Norte (Charlotte) às 17:30 saída e chegada em San Francisco 23:30. Foi bem cansativo, mas como na ida vamos super animados, nada que doesse tanto. O bom foi que chegamos no mesmo dia, devido à diferença de fuso. A imigração foi tranquila (e vazia).
    Na volta conseguimos um super bomj, Vegas sáida 13:30h, com conexão em Washington 21:00h, chegando em São Paulo 08:30h. Pela United Airlines
    Cabe ressaltar que para as 2 companhias são servidas as refeições somente no vôo inter-continente. No vôo mais curto (7 horas), você tem que pagar. Meu marido quase morreu de fome esperando o serviço de bordo!! kkkk

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>